Depois do sucesso crítico e comercial de Aquaman, a Warner Bros. e o diretor James Wan anunciaram que estavam trabalhando em um spin-off intitulado ‘A Trincheira’, que focaria nas medonhas Criaturas do Fosso do longa-metragem.

Entretanto, em abril do ano passado, o projeto foi descartado e saiu do cronograma de lançamento futuros da Warner e da DC.

Agora, em entrevista ao ComicBook.com, Wan se pronunciou sobre o cancelamento da obra derivada.

“Ouça, eu sinto que tudo que eu invento, tudo que eu faço. Se eu aparecer com algo que não uso, isso não significa que eu não possa me inspirar para usar isso de uma maneira diferente. Esse é o meu problema; é que eu tenho muitas ideias, mas obviamente não posso usar todas elas. Eu acabo usando talvez 20¨% ou 30% delas no meu trabalho, então tenho uma gaveta cheia de ideias que podem se transformar em outra coisa”, ele comentou.


Lembrando que Aquaman e o Reino’ perdido chega aos cinemas no dia 17 de março de 2023.

Aproveite para assistir:



Segundo Walter Hamada, executivo da Warner, a sequência dessa vez foi idealizada como uma comédia de ação focada na parceria de Arthur Curry (Jason Momoa) e seu meio-irmão Orm (Patrick Wilson), vilão do filme anterior.

“O filme sempre foi produzido como uma comédia de amigos entre Jason Momoa e Patrick Wilson, disse Hamada. Lembrando que o executivo serviu como testemunha no julgamento do processo de difamação movido por Johnny Depp contra Amber Heard, atriz que viveu Mera no filme de 2018 e reprisa o papel na nova produção. Hamada afirmou que é um reflexo do foco maior em Arthur e Orm.

O primeiro ‘Aquaman‘, de 2018, alcançou a marca de US$1,13 bilhão na bilheteria mundial e é um dos mais elogiados filmes da DC.


Não deixe de assistir: