De acordo com o Page Six, Johnny Depp se tornou alvo de uma nova polêmica depois que os advogados do jornal The Sun apresentaram novas provas das atitudes agressivas do astro enquanto ele estava casado com Amber Heard.

Durante uma audiência que aconteceu ontem (26) no Tribunal Superior de Londres, foram divulgadas mensagens de textos trocadas entre Depp e Paul Bettany em 2013, nas quais Depp dizia:

“Vamos queimar Amber. Vamos afogá-la antes de queimá-la! Depois irei fud** com o cadáver queimado para ter certeza que ela está morta.”

No ano seguinte, Depp confessou a Bettany que precisava parar de beber e descontar a raiva em quem ama.



“Vou parar com o lance da bebida, querido… Bebi a noite toda antes de buscar Amber para voltarmos a Los Angeles, no domingo passado. Não como nada há dias… Tomei meia garrafa de uísque, milhares de Redbull’s, vodkas, e aquelas pílulas, duas garrafas de Champers no avião e o que você ganha? Um cara bravo em uma discussão de parentes, gritando obscenidades e insultando qualquer parente que se aproximava. Reconheço que estou com a cabeça fod*** e preciso parar de descontar minha raiva em quem eu amo por motivos pequenos. Também estou velho demais para ser esse cara.”

As mensagens foram lidas enquanto Depp presenciava uma ação preliminar em seu processo contra o The Sun, que publicou um artigo acusando-o de agredir Heard.

David Sherborne, um dos advogados de Depp, insistiu que Heard está manipulando a situação.

Aproveite para assistir:

“Uma pessoa está mentindo e a outra não… Obviamente, dizemos que é a Srta Heard, as gravações dela provam que ela agrediu o Sr. Depp, ele está 100% claro sobre isso.”

Até o momento, não foram reveladas que medidas serão tomadas após a leitura das mensagens, e os funcionários do The Sun seguem na tentativa de provar que suas alegações são legítimas.



Enquanto isso, os fãs de Depp continuam divulgando um abaixo-assinado para que Heard seja demitida de ‘Aquaman 2‘ por conta da disputa judicial.

O abaixo-assinado pede que a intérprete de Mera seja substituída por outra atriz na sequência.

Publicado no Change.org, o documento ultrapassou 375.000 assinaturas, e parece estar ganhando força.



Confira na íntegra o pedido dos criadores:

Amber Heard foi exposta como agressora doméstica por Johnny Depp. Em seu processo de U $ 50 milhões, Johnny Depp descreve muitos incidentes de abuso doméstico que ele sofreu nas mãos de sua (então) esposa Amber Heard, incluindo um incidente em que ela o socou duas vezes no rosto e outro em que quebrou o dedo com uma vodca garrafa, e seu dedo teve que ser recolocado cirurgicamente. Ele carregará a cicatriz disso pelo resto da vida. 

Amber Heard também foi presa em 2009 por abusar de uma ex-parceira doméstica, Tasya Van Ree, demonstrando um padrão repetido de abuso por Amber Heard.

Desde o divórcio de Heard e Johnny Depp, ela tem sistematicamente criado uma jornada para arruinar Depp em Hollywood, repetindo vários relatos de incidentes falsos nos quais ela havia realmente abusado de Johnny Depp, mas mentiu e criou relatos falsos de que ele era o agressor. Sobre o incidente durante o qual ela quebrou os ossos no dedo de Johnny Depp e quase o esfaqueou, fazendo com que Depp necessitasse de uma cirurgia para recolocá-lo e repará-lo, Heard apresentou uma história falsa alegando que ele próprio cortou o dedo, mergulhou-o em tinta e rabiscou obscenidades por todas as paredes. 



Da mesma forma, Heard relata incidentes fabricados de Johnny Depp batendo na cara dela quando ela, de fato, o deu um soco. Embora a equipe e os vizinhos do prédio onde ela morava relatassem não ter visto marcas no rosto nas horas e dias depois que ela diz que Johnny Depp havia batido nela, ela apareceu no tribunal seis (6) dias depois com hematomas no rosto, pedindo uma ordem de restrição temporária, que foi concedida. Fotos de Heard desde o dia seguinte mostram seu rosto cheio, sem maquiagem e sem um hematoma.

Como Amber Heard é uma abusadora doméstica conhecida e comprovada, a Warner Brothers e a DC Entertainment devem demitir Heard de Aquaman 2. Eles não devem ignorar o sofrimento das vítimas de Heard e não devem fascinar um agressor doméstico. 

Os homens são vítimas de violência doméstica, assim como as mulheres. Isso deve ser reconhecido e devem ser tomadas medidas para impedir que uma agressora conhecidaseja celebrado na indústria do entretenimento.



Faça a coisa Certa. Demita Amber Heard de Aquaman 2.” 

A sequência tem estreia marcada para dezembro de 2022.  

Lançado em 2018, ‘Aquaman‘ arrecadou US$ 1,148 bilhão pelo mundo, tornando-se um dos maiores sucessos financeiros da DC em parceria com a Warner Bros.

Assista à nossa crítica:

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE