Durante uma entrevista com a jornalista Grace Randolph, o diretor Zack Snyder refletiu sobre a jornada do Batman (Ben Affleck) e da Mulher-Maravilha (Gal Gadot) em seu corte de ‘Liga da Justiça’.

“Eu sinto que a jornada da Mulher-Maravilha no filme é que ela faz o papel de mãe. É ela quem mantém a equipe unida. Ela é a dose de amor que todo mundo precisa. Há uma cena em que ela aconselha o Aquaman, porque ele tem preconceito contra o próprio povo, e ela diz que o ódio é inútil… Parece que as palavras dela têm um certo efeito sobre ele.”

Em relação ao Batman, o diretor disse que criar a Liga é a missão mais importante pela qual Bruce Wayne já passou por conta de seus anos de solidão.

“A jornada de Bruce tem tudo a ver com evolução e aprendizado, porque ele agiu sozinho por mais de duas décadas… E, pela primeira vez, ele vai saber o que se sentir parte de uma família, e ele é a cabeça que mantém a família unida. A missão de reunir a equipe é a coisa mais importante que ele já fez.”



Ele continuou:

“Eles são literalmente uma equipe de desajustados, até mesmo o Bruce. Alfred diz a ele: ‘Um homem que vive em uma caverna não é necessariamente o cara certo para ser o líder de um bando de desajustados.’ Então é uma dinâmica e acho que isso é ótimo.”

Lembrando que o Snyder Cut de Liga da Justiça‘ será lançado em março do ano que vem na HBO Max.

A nova versão será um evento dividido em quatro partes e com duração de quatro horas (o que faz com que cada “capítulo” tenha uma hora de exibição).



Conforme Snyder prometeu, a nova versão trará vários arcos inéditos de personagens, incluindo a história completa do Ciborgue e a introdução de Iris West (Kiersey Clemons) ao DCEU.

Confira o trailer e as imagens promocionais:

Aproveite para assistir:






Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva