Há algumas semanas, a Walt Disney Company confirmou que a Disney+ será lançada na América Latina em 17 de novembro deste ano.

No entanto, a novidade terá um impacto negativo para os colecionadores de DVD’s e Blu-Rays, já que o estúdio pretende encerrar a distribuição das mídias físicas e dar prioridade ao serviço de streaming.

Com um dos maiores estúdios tomando a ação de encerrar a produção da mídia física, o formato deve começar a ficar cada vez mais raro.


De acordo com o Blog do Jotacê, a Disney irá cancelar até o fim do ano o contrato de distribuição do home video com a Cinecolor, empresa que administra os direitos sobre produtos audiovisuais do estúdio na América Latina, incluindo o Brasil.

Além disso, os representantes da Disney confirmaram que não farão acordos com nenhuma outra rede de distribuição em home video nos países com acesso à Disney+, então a decisão é definitiva.

Aproveite para assistir:

Sendo assim, o público não terá mais acesso às mídias de todas divisões da Disney, como a Lucasfilm, Marvel Studios, Pixar, 20th Century Studios, e a Searchlight Studios.

Por falar em Disney+, o CinePOP questionou a assessoria da Disney se o valor da assinatura já foi definido, visto que vários veículos estão postando rumores de que a assinatura poderia custar R$ 29,90 ao mês.

Em reposta, os representantes do estúdio disseram que:

“Ainda não definimos o valor da assinatura.”


Até qual valor você estaria disposto a pagar?

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE