Cineasta espanhol vai lançar novo projeto esse ano

Um dos cineastas europeus mais reconhecidos da atualidade, Pedro Almodóvar tem uma filmografia que remonta ao início dos anos 80 e uma lista de premiações invejáveis. Seu último trabalho tinha sido em 2019, com Dor e Glória, porém ele vem para 2021 com o novo filme Madres Paralelas – cuja estreia irá também abrir o Festival de Veneza.

Com tamanha carreira, com o plus de ser pautada por prêmios diversos, não é difícil selecionar três títulos de grande interesse que levam a assinatura do artista. Apesar de diferentes entre elas Almodóvar sempre permanece fiel ao tema que mais lhe interessa: as relações humanas e como elas tendem a mudar em cenários diversos.

3) A Pele que Habito

Neste suspense o público é apresentado a um cirurgião plástico que faz um anúncio ousado: ele teria criado uma pele que é resistente ao fogo. A novidade é recebida com ceticismo por seus colegas e até preocupação pelos métodos empregados por ele; essa é, no entanto, apenas a ponta do iceberg.



 

Um filme profundamente impactante em diversos sentidos.

Ao longo da película, Almodóvar mergulha na psicologia do protagonista interpretado por Antonio Banderas, mostrando como momentos de dor e brutalidade podem distorcer um indivíduo ao ponto dele quase se tornar o cientista da história de Frankenstein, ainda que com as devidas mudanças para culminar no ápice da perda de liberdade do próprio corpo.

Aproveite para assistir:

2) Matador 

Seguindo a linha do filme anterior, aqui o diretor também faz uma análise aprofundada do comportamento humano porém, dessa vez, se debruçando sobre um aspecto problemático da cultura de seu país: as polêmicas touradas. O toureiro em questão, interpretado por Nacho Martínez, sofre um acidente e acaba sendo impossibilitado de continuar seu trabalho.

Uma das primeiras parcerias entre Almodóvar e Antonio Banderas.

O que se tem é o estopim para uma série de histórias de personagens diferentes que acabam se interconectando de alguma maneira, principalmente aquele que é interpretado por Antonio Banderas, que para provar sua masculinidade lança mão de crueldade ao passo que em sua mente há a constante imagem de um assassinato similar a forma como os touros são executados nas touradas.



1) Tudo Sobre minha Mãe

Uma dedicatória a todas as mães, mulheres, atrizes; a trama tem como foco a enfermeira Manuela, personagem de Cecilia Roth, que desempenha tanto a função mencionada quanto a de mãe solteira para seu filho adolescente, Esteban. No entanto, após Esteban sofrer um acidente e falecer, sua mãe opta por doar seu coração para um paciente que precisa urgentemente do órgão em Barcelona.

Manuela então parte em encontro pai de Esteban, jornada essa que lhe terá ambas as funções de curar o luto e de perdoar tudo aquilo que ela considera que errou na vida ou lhe prejudicou.

 

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: