De acordo com o The Direct, a atriz Ginger Gonzaga, escalada para a série da ‘Mulher-Hulk’ revelou parte do traje de captura e movimentos usado pela protagonista Tatiana Maslany (‘Orphan Black’).

Na publicação feita no Stories do Instagram, Gonzaga mostrou parte do traje, que contém uma cabeça verde grudada acima da cabeça de Maslany para representar a altura de Jennifer Walters já transformada.

Na legenda, Gonzaga escreveu:

“E grite para a JenHulk (como a apelidamos) que é isso que Tatiana Maslany tem que segurar no topo da cabeça quando está transformada.”



Confira:

Aproveite para assistir:

Durante uma entrevista para podcast Scott Hasn’t Seen (via The Direct), Maslany já havia adiantado que sua aparência como Mulher-Hulk seria feita 100% em CGI, assim como o Hulk de Mark Ruffalo.

“É tudo CGI (imagens geradas por computador)… Eu vesti um traje de captura de movimento o tempo todo. Eu uso saltos com plataformas e um traje de captura de movimentos. Até colocaram uma cabeça fictícia pendura acima da minha própria cabeça para termos uma noção de sua altura.” 



Considerando que Maslany tem apenas 1,63m de altura, esta foi a melhor alternativa que a equipe encontrou para deixar a personagem mais alta e musculosa sem ter recorrer a uma dublê.

E aí, você está animado para ver como ficou o resultado final?

Lembrando que a estreia da produção está marcada apenas para 2022.

O elenco também conta com Ginger GonzagaRenée Elise Goldsberry e Josh Segarra. A rapper Megan Thee Stallion fará aparições na produção.

Lembrando que Kevin Feige, diretor criativo da Marvel Studios, disse que a série terá 10 episódios com cerca de 30 minutos de duração cada.

Kat CoiroAnu Valia entram como diretoras da série.



A história é centrada na advogada Jennifer Walters, prima de Bruce Banner que recebe uma transfusão de sangue do Hulk depois de ficar entre a vida e a morte ao ser baleada por bandidos. Por conta disso, ela acaba sofrendo uma transformação, tornando-se a Mulher-Hulk. Diferente do primo, ela consegue manter o controle de sua mente, mas sua aparência humana desaparece permanentemente.

Ao longo dos anos, ela se tornou uma heroína muito respeitada e já fez parte dos ‘Vingadores‘, ‘Defensores‘ e até mesmo do ‘Quarteto-Fantástico‘.

Criada por Stan Lee e John Buscema, ela foi introduzida nas HQ’s da Marvel em ‘The Savage She-Hulk’ #1, publicada em 1980.

Jessica Gao coordena o time de roteiristas.

Segundo o site The Direct, a série trará um aspecto bastante interessante e particular do Universo Cinemático Marvel à vida: a quebra da quarta parede.


As informações idnicam que haverá “diversos momentos” em que Jennifer Walters/Mulher-Hulk (Maslany) irá conversar diretamente com o público. Além disso, acredita-se que Jennifer terá ciência de que é um personagem dentro do MCU.

Vale lembrar que, apesar das similaridades com ‘Deadpool’ (que faz utilização do mesmo recurso nos filmes e nos quadrinhos), Mulher-Hulk não é estranha à quebra da quarta parede, como fez nas HQs The Sensational She-Hulk, de John Byrne, em que constantemente zombava dos heróis e fazia questão de lembrá-los de que “não eram reais”.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: