Durante uma entrevista a Total Film, a diretora Patty Jenkins falou um pouco sobre o aguardado longa Mulher-Maravilha 1984’, dizendo que vários fãs lhe perguntaram se o novo capítulo da saga seria um reboot em vez de uma sequência.

Jenkins, dessa forma, reafirmou e garantiu ao público que o projeto é, de fato, uma sequência do filme lançado em 2017.

“Houve um tempo em que as pessoas ficaram muito chateadas, me perguntando: ‘não é uma sequência? É um reboot completo?’. É uma sequência e, até agora, não há nada contradizendo os dois filmes. Mas é muito importante para mim que não seja apenas mais do primeiro filme. É um filme totalmente diferente. Quando você assiste ao trailer, você consegue sentir”.

De acordo com o Comic Book, a sequência recebeu a classificação indicativa PG-13 (para maiores de 13 anos) por conta de “sequências de ação e violência.”

A informação foi divulgada originalmente pelo MPAA, o órgão que administra a classificação indicativa de filmes e séries nos EUA.



Lembrando que a estreia do filme foi remarcada de 04 de junho para 13 de agosto por conta da pandemia do Coronavírus.

Em seu Twitter, Jenkins comentou o adiamento e aproveitou para desmentir os rumores de que o filme seria lançado direto em streaming.

Aproveite para assistir:

“Fizemos Mulher-Maravilha 1984 para ser exibido NAS TELONAS e acredito no poder do cinema. Nestes tempos terríveis, quando os proprietários de cinemas estão lutando para sobreviverem, estamos empolgados por adiar nosso filme para 14 de agosto de 2020 em um CINEMA perto de você, e orar por melhores tempos para todos até lá…”, afirmou.

Além de Gal Gadot, reprisando o papel principal, o elenco também conta com o retorno de Chris Pine, Robin Wright, Saïd Taghmaoui e Ewen Bremner, e a introdução de Kristen Wiig como a Mulher-Leopardo.



Confira trechos da nossa entrevista com a Gal:

Comentários

Não deixe de assistir: