Por essa, ninguém esperava. Com os cinemas fechados em todo o mundo por um período indeterminado de tempo, a Warner Bros. está discutindo se deve lançar o aguardado ‘Mulher-Maravilha 1984‘ diretamente no streaming e ignorar o lançamento nos cinemas. A informação foi revelada pelo TheWrap.

O site afirma que as discussões ainda são preliminares e permaneceram próximas do presidente da Warner, Toby Emmerich, e de seus principais conselheiros.

Até o momento, a diretora Patty Jenkins e o produtor Charles Roven não foram incluídos nas conversas.



Para os os especialistas da Warner, a preferência ainda é lançar o filme nos cinemas. Mas se a pandemia demorar mais que o esperado, o filme pode ser vendido em VOD, como a Universal e a Sony estão fazendo, com seus lançamentos custando na média dos US$ 20,00. É o mesmo valor médio do ingresso nos cinemas norte-americanos.

Como não há uma data estabelecida para a reabertura dos cinemas, pode haver uma escassez de datas favoráveis ​​quando os cinemas voltarem a abrir.

Aproveite para assistir:



Até o momento, ‘Mulher-Maravilha 1984‘ está agendado para estrear nos cinemas em 4 de junho.

Roven e Jenkins gostariam que a estreia fosse adiada para agosto, já que o plano é que o filme seja exibido nos cinemas.

Por enquanto, encare tudo como um rumor.



Patty Jenkins retorna à direção da sequência, que se passará no período da Guerra Fria.

Gal Gadot estrela como a heroína. O elenco também conta com o retorno de Chris Pine, Robin Wright, Saïd Taghmaoui e Ewen Bremner, e a introdução de Kristen Wiig como a Mulher-Leopardo.



Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE