Você provavelmente já deve ter ouvido falar da sigla EGOT – afinal, esse é um termo bastante recorrente na indústria do entretenimento. Mas o que ela significa?

Cunhado em 1984 pelo ator Philip Michael Thomas, o acrônimo faz referência às quatro maiores premiações da esfera artística: Emmy (E), Grammy (G), Oscar (O) e Tony (T). Respectivamente, cada um desses eventos corroboram as maiores revelações da televisão, da música, do cinema e do teatro, cobrindo as principais áreas performáticas. Apesar de Thomas ter começado com a famosa sigla através de seu papel na série Miami Vice, o termo ganhou reconhecimento em 2010 com ‘30 Rock, show estrelado por Alec Baldwin e Tina Fey, mais precisamente na 4ª temporada com o arco do personagem Tracy Jordan (Tracy Morgan), mergulhando numa jornada para conquistar as estatuetas.

O ator mais jovem a conseguir o EGOT foi Robert Lopez, alcançando o status aos 39 anos. Mais do que isso, o compositor levou o “EGOT duplo”, conquistando todos os prêmios nada menos que duas vezes cada.



Há também uma variação da conquista, chamado PEGOTapesar de gerar certas controvérsias, visto que as definições contrastam entre o Peabody Award e o Pulitzer (nunca realmente tendo chegado a um consenso). Uma outra variação é o REGOT, que inclui o Framboesa de Ouro (Razzie, no original).

De qualquer forma, excluindo os prêmios não-competitivos e honorários (o que não computa a presença de Liza Minnelli e Barbra Streisand, por exemplo), apenas 16 pessoas conseguiram tamanho feito, motivo pelo qual o grupo é extremamente seleto.

Confira quem são elas:

RICHARD RODGERS

Aproveite para assistir:



Em 1962, Rodgers tornou-se a primeira pessoa da história a conquistar os quatro prêmios. Ele é conhecido por diversas obras, incluindo o filme ‘A Noviça Rebelde’ e a peça ‘No Strings’.

Oscar: ‘Corações Enamorados’, 1945

Emmy: ‘The Valiant Years’, 1962



Grammy: ‘A Noviça Rebelde’, 1960; ‘No Strings’, 1962

Tony: ‘South Pacific’, 1950; ‘The King and I’, 1951; ‘A Noviça Rebelde’, 1960; ‘No Strings’, 1962.

HELEN HAYES

Hayes é uma atriz e alcançou seu quarto distinto prêmio em 1977, tornando-se, dessa forma, a segunda pessoa e a primeira mulher a conseguir o EGOT. Ela também é a primeira a conquistar a Coroa Tripla da Atuação, com performances solo condecoradas no Emmy, no Oscar e no Tony.

Oscar: ‘O Pecado de Madelon Claudet’, 1931; ‘Aeroporto’, 1970



Emmy: ‘Schlitz Playhouse of Stars’, 1953

Grammy: ‘Great American Documents’, 1977

Tony: ‘Happy Birthday’, 1947; ‘Time Remembered’, 1958

RITA MORENO

Rita Moreno é uma incrível artista que voltou à ativa nos últimos anos pela comédia ‘One Day at a Time’. Entretanto, poucas pessoas sabem que ela faz parte do grupo EGOT, além de ter sido honrada no Kennedy Center em 2015 e, em 2019, ganhou um Peabody Award.


Oscar: ‘Amor, Sublime Amor’, 1962

Emmy: ‘The Muppet Show’, 1977; ‘The Rockford Files’, 1978

Grammy: ‘The Electric Company’, 1972

Tony: ‘The Ritz’, 1975

JOHN GIELGUD

O ator John Gielgud recebeu seu último prêmio em 1991, recebendo, ao longo de sua carreira, um total de seis estatuetas pertencentes ao grupo em questão. Aos 87 anos, quando levou para casa seu Emmy, foi o vencedor mais velho e o primeiro LGBTQ+ a ser condecorado.

Oscar: ‘Arthur, o Milionário Sedutor’, 1981

Emmy: ‘Summer’s Lease’, 1991

Grammy: ‘Ages of Man’, 1979

Tony: ‘The Importance of Being Earnest’, 1948; ‘Big Fish, Little Fish’, 1961

AUDREY HEPBURN

A eterna Bonequinha de Luxo também faz parte do grupo – e tal fato pode não ser conhecido por muitos. Hepburn foi a quinta pessoa a conquistar o feito e a primeira a fazê-lo de forma póstuma, ganhando o Grammy Award um ano depois de ter morrido. Ela também é a única ao lado de Jonathan Tunick a ter ganhado apenas uma estatueta em cada premiação.

Oscar: ‘A Princesa e o Plebeu’, 1953

Emmy: ‘Gardens of the World’, 1993

Grammy: ‘Audrey’s Hepburn Enchanted Tales’, 1994

Tony: ‘Ondine’, 1954

MARVIN HAMLISCH

Hamlisch é um aclamado compositor que ganhou um total de 12 prêmios em sua carreira. Dentro do grupo EGOT, ele é o que tem mais estatuetas do Oscar (3), além de ser o primeiro a ser o vencedor de uma categoria principal do Grammy (Música do Ano e Artista Revelação).

Oscar: ‘The Way We Were’, 1973; ‘Um Golpe de Mestre’, 1973

Emmy: ‘Barbra: The Concert’, 1995; ‘AFI’s 100 Years’, 1999; ‘Timeless: Live in Concert’, 2001

Grammy: ‘The Way We Were’, 1974; “The Entertainer”, 1974

Tony: ‘A Chorus Line’, 1976

JONATHAN TUNICK

Assim como Hepburn, Jonathan Tunick também ganhou apenas uma estatueta em cada premiação do EGOT. Com carreira ainda na ativa, Tunick é um grande compositor e maestro. Ele também demorou vinte anos para fazer parte do grupo.

Oscar: ‘Música Numa Noite do Verão’, 1977

Emmy: ‘Night of 100 Stars’, 1982

Grammy: “No One is Alone”, 1988

Tony: ‘Titanic’, 1997

MEL BROOKS

O icônico comediante Mel Brooks alcançou a honraria do EGOT em 2002, com 74 anos. Além de trabalhar com comédia, ele também tem reconhecimento como escritor, ator, diretor, compositor, produtor (uma carreira extremamente prolífica).

Oscar: ‘Os Produtores’, 2006

Emmy: ‘The Sid Caesar, Imogene Coca, Carl Reiner, Howard Morris Special’, 1967; ‘Mad About You’, 1997/1998/1999

Grammy: ‘The 2000 Year Old Man in the Year 2000’, 1998; ‘Os Produtores’, 2002

Tony: ‘Os Produtores’, 2001

MIKE NICHOLS

Nichols tornou-se a nona pessoa a alcançar o feito e o fez entre 1961 e 2012, levando um total de 15 estatuetas. Ele foi o primeiro a levar para casa condecorações múltiplas por direção (Oscar, Tony e Emmy) e é o que mais “demorou” a fazer parte do grupo (51 anos).

Oscar: ‘A Primeira Noite de um Homem’, 1967

Emmy: ‘Wit’, 2001; ‘Angels in America’, 2004

Grammy: ‘An Evening with Mike Nichols and Elaine May’, 1961

Tony: ‘Descalços no Parque’, 1964; ‘Luv’, ‘The Odd Couple’, 1965; ‘Plaza Suite’, 1968; ‘The Prisoner of Second Avenue’, 1972; ‘Annie’, 1977; ‘The Real Thing’, 1984; ‘Spamalot’, 2005; ‘Morte de um Caixeiro Viajante’, 2012

WHOOPI GOLDBERG

A icônica Whoopi Goldberg foi a primeira afrodescendente a integrar o EGOT e apenas a 4ª mulher. Ela também é uma dos poucos membros do grupo a ter levado um Daytime Emmy Award por seu trabalho em ‘The View’.

Oscar: ‘Ghost – Do Outro Lado da Vida’, 1991

Emmy: ‘Beyond Tara’, 2002; ‘The View’, 2009

Grammy: ‘Original Broadway Show Recording’, 1986

Tony: ‘Positivamente Millie’, 2002

SCOTT RUDIN

Producer Scott Rudin accepts the award for best revival of a play for “Skylight” at the 69th annual Tony Awards at Radio City Music Hall on Sunday, June 7, 2015, in New York. (Photo by Charles Sykes/Invision/AP)

Rudin é um produtor de teatro, cinema e televisão e recebeu o último prêmio distintivo em 2012. Dentre as categorias competitivas, ele é o que mais levou estatuetas para casa (um total de vinte) – permanecendo com o recorde até 2020, quando Alan Menken foi condecorado com 21.

Oscar: ‘Onde os Fracos Não Têm Vez’, 2008

Emmy: ‘He Makes Me Feel Like Dancin’’, 1984

Grammy: ‘O Livro de Mórmon’, 2012

Tony: ‘Passion’, 1994; ‘Copenhagen’, 2000; ‘The Goat, or Who Is Sylvia?’, 2002; ‘Dúvida’, 2005; ‘The History Boys’, 2006; ‘Deus da Carnificina’, 2009; ‘Um Limite Entre Nós’, 2010; ‘O Livro de Mórmon’, 2011; ‘Morte de um Caixeiro Viajante’, 2012; ‘A Raisin in the Sun’, 2014; ‘The Curious Incidento of the Dog in the Night-Time’, 2015; ‘Skylight’, 2015; ‘The Humans’, 2016; ‘Panorama Visto da Ponte’, 2016; ‘Alô, Dolly!’, 2017; ‘The Ferryman’, 2019; ‘The Boys in the Band’, 2019.

ROBERT LOPEZ

Lopez fez história ao finalmente entrar para o grupo do EGOT, tornando-se não apenas o mais jovem a levar as quatro estatuetas para casa, como também o primeiro asiático e filipino a conquistar tal feito. Como já mencionado no começo desta matéria, ele é o único a ter o cunhado EGOT Duplo.

Oscar: ‘Frozen’, 2014; ‘Viva – A Vida É uma Festa’, 2018

Emmy: ‘Wonder Pets!’, 2008/2010

Grammy: ‘O Livro de Mórmon’, 2012; ‘Frozen’, 2015

Tony: ‘Avenue Q’, 2004; ‘O Livro de Mórmon’, 2011

JOHN LEGEND

O conhecido musicista, ator e compositor John Legend também faz parte do grupo e tornou-se o primeiro afrodescendente homem a conquistar a honraria – e o segundo de todos os tempos, ao lado de Whoopi Goldberg. Ele é o membro que mais tem Grammys (11, no total) e o primeiro a receber as quatro estatuetas em quatro anos consecutivos.

Oscar: ‘Selma’, 2015

Emmy: ‘Jesus Cristo Superstar’, 2018; ‘Crow: The Legend’, 2019

Grammy: Melhor Novo Artista, 2006; ‘Get Lifted’, 2006; “Ordinary People”, 2006; “Heaven”, 2007; “Family Affair”, 2007; “Stay with Me (By the Sea)”, 2009; “Shine”, 2011; “Hang on in There”, 2011; ‘Wake Up!’, 2011; “Glory”, 2016; “Higher”, 2020

Tony: ‘Jitney’

ANDREW LLOYD WEBBER

O lendário e icônico nome de Webber não poderia ficar de fora desse fantástico grupo e, em 2018, tornou-se o 14º integrante do EGOT por seu especial de TV para o musical ‘Jesus Cristo Superstar’ (o mesmo do qual Legend participou).

Oscar: ‘Evita’, 1997

Emmy: ‘Jesus Cristo Superstar’, 2018

Grammy: ‘Evita’, 1980; ‘Cats’, 1983; ‘Réquiem’, 1986

Tony: ‘Evita’, 1980; ‘Cats’, 1983; ‘O Fantasma da Ópera’, 1988; ‘Crepúsculo dos Deuses’, 1995

TIM RICE

Rice é um produtor e liricista que recebeu sua quarta honraria apenas em 2018. Desde seu primeiro prêmio até o último, ele recebeu um total de 12 prêmios, dividindo algumas das conquistas com seu recorrente colaborador, Webber.

Oscar: ‘Aladdin’, 1993; ‘O Rei Leão’, 1995; ‘Evita’, 1997

Emmy: ‘Jesus Cristo Superstar’, 2018

Grammy: ‘Evita’, 1980; ‘Aladdin’, 1993; ‘Aida’, 2000

Tony: ‘Evita’, 1980; ‘Aida’, 2000

ALAN MENKEN

Menken foi a mais recente adição ao EGOT por sua primeira vitória no Emmy Awards. Assim como Goldberg e Lopez, ele também possui apenas um Daytime Emmy – o que não o tira do grupo. Ele é o segundo mais prolífico ganhador do Oscar nas categorias musicais depois de Alfred Newman.

Oscar: ‘A Pequena Sereia’, 1989; ‘A Bela e a Fera’, 1991; ‘Aladdin’, 1992; ‘Pocahontas’, 1995

Emmy: ‘Rapunzel’s Tangled Adventure’, 2020

Grammy: ‘A Pequena Sereia’, 1991; ‘A Bela e a Fera’, 1993; ‘Aladdin’, 1994; ‘Pocahontas’, 1996; ‘Enrolados’, 2012

Tony: ‘Newsies’, 2012

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva