Segundo o Collider, a icônica e poderosa Oprah Winfrey já tem mais um projeto em mãos e desenvolveu um novo talk show para a Apple TV+.

Intitulado The Oprah Conversation, o programa de entrevistas trará a apresentadora, escritora, produtora e ativista conversando com grandes mentes da contemporaneidade e tem estreia marcada na plataforma para o dia 30 de julho.

A obra terá curadoria de Winfrey e trará convidados como o professor Ibram X. Kendi, o atleta e ativista Emmanuel Acho, o estimado Bryan Stevenson, cuja história inspirou o filme Luta por Justiça, e vários outros. As discussões trazidas para o público serão centradas em explorações raciais e na segregação que principalmente a comunidade negra enfrenta nos dias de hoje.



Winfrey recentemente anunciou que iria se reunir com a Lionsgate e com a vencedora do Prêmio Pulitzer de Jornalismo, Nikole Hannah-Jones, para adaptar O Projeto 1619 para os cinemas e para a televisão.

O ensaio, publicado através do The New York Times, explora o racismo estrutural nos Estados Unidos e re-examina o legado da escravidão no país. O projeto em questão foi desenvolvido em 2019, durante o 400º aniversário dos primeiros africanos ao estado da Virgínia. Com a ajuda de diversos jornalistas e escritores, que contribuíram com artigos, entrevistas, poemas e peças ficcionais, O Projeto 1619 fez um grande barulho e foi recebido com aclame universal.

A obra em questão já foi adaptada para um podcast dividido em cinco capítulos. Agora, Winfrey está abraçando o projeto e irá convidar diversos porta-vozes da comunidade negra estadunidense para ajudá-la a levá-lo para outras plataformas.

Hannah-Jones, que ganhou o Pulitzer este ano, entra como produtora executiva ao lado de sua colega de profissão, Caitlin Roper.

Aproveite para assistir:



“Nós levamos bastante a sério nossa missão de encontrar parceiros na TV e no cinema que respeitam e honram nosso trabalho e nossa missão com O Projeto 1619, que entendem nossa visão e nossa obrigação moral de fazer justiça com essas histórias”, a jornalista comentou em uma declaração oficial. “Através de cada passo desse processo, a Lionsgate e sua equipe se mostraram ter esse tipo de parceria e é um sonho poder produzir esse trabalho com Oprah Winfrey, uma pioneira e um farol para tantos jornalistas negros. Estou animada com essa oportunidade”.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva