[ANTES DE COMEÇAR A MATÉRIA, FIQUE CIENTE QUE ELA ESTÁ RECHEADA DE SPOILERS] 

Se você ainda não assistiu aos cinco primeiros episódios de Pacificador, evite esta matéria, pois ela contém spoilers.

Entre acertos e erros, a série do Pacificador se tornou a mais assistida do momento, com números tão expressivos que levaram o criador dela, James Gunn, a agradecer o carinhos dos fãs em sua rede social. Outro ponto fantástico da produção é um trabalho divertido de resgatar personagens esquecidos ou obscuros do Universo DC dos quadrinhos e canonizá-los no UDC, seja por meio de meras citações ou com aparições, como é o caso do personagem que motiva essa matéria: o Sargento Gorila.



Aproveite para assistir:

Brevemente introduzido no quarto episódio da série, quando é mostrado em uma televisão que o gorila Charlie, do zoológico de Evergreen, foi raptado, o gorilão logo virou motivo de especulação entre os fãs. Seria uma apresentação do famoso Gorila Grodd? Pois bem, chegou o quinto capítulo de Pacificador e com ele a confirmação de que era outro gorila, garantindo que Grodd ainda esteja utilizável em outros filmes ou séries da DC. Afinal, como o próprio Pacificador (John Cena) diz, ele já lutou com outros gorilas nesse universo.

Explicado isso, o coitado do Charlie era um gorila normal que foi sequestrado e possuído pelas Mariposas, as grandes vilãs da série. Isso deu a ele uma força fora do comum, até mesmo para um animal da sua espécie, e a habilidade da fala. Porém, ele entra no caminho dos protagonistas e acaba sendo morto pelo hacker John Economos (Steve Agee) com uma serra elétrica. Isso descartou o retorno do personagem (será?), que realmente não parecia ter vida longa nesse universo da DC nos cinemas.



Porém, mesmo tendo morrido em seu episódio de estreia, o Gorila Charlie foi baseado em uma criatura incomum da DC que fez sua estreia em 1966, e desde então se tornou o personagem favorito de ninguém.

Astro da Star Spangled War Stories #126, Charlie era um gorila com inteligência praticamente humana, capaz de andar, lutar e pegar em armas como um soldado treinado, que passava seus dias como uma atração de circo, até que seu treinador foi substituído pelo Sargento Pinky Donovan, que o compra e passa a treinar o gorila com o que aprendeu servindo na marinha. Assim, o símio aprende golpes de judô (por que não?), lutar com facas e muitas outras habilidades.

Para falar a verdade, a única real diferença de Charlie para um ser humano é que o gorila não conseguia falar.

De qualquer forma, ele sonha em ser como seu mestre, Pinky Donovan, e quer ajudar a combater os alemães. No entanto, ele acaba usando seu treinamento para simular combate em uma série de apresentações às quais ele foi submetido como forma de entretenimento para as tropas aliadas. Mas como dizia a música: “Guerreiro não foge da luta e não pode correr/ Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer”. Assim, durante um de seus shows, Donovan foi convocado para servir na Segunda Guerra, fazendo com que Charlie fosse mandado para um zoológica.



O gorila ergue a cabeça, e vai na fé atrás do dono, invadindo um navio da marinha e se tornando um grande aliado em uma batalha na praia contra os japoneses. A violência e precisão de Charlie, que desce a bala e a porrada nos inimigos, salvando seu dono e os companheiros rendem a ele uma condecoração especial de sargento, fazendo dele oficialmente o Sargento Gorila.

Nitidamente fruto dos anos 60, o Sargento Gorila teve essa única aparição e acabou sendo relegado ao esquecimento, até ser resgatado por James Gunn na série do Pacificador. O personagem é um dos milhares pré-Crise que foram esquecidos após a Crise nas Infinitas Terras, que reorganizou o universo DC nos anos 80 com o conceito de múltiplas realidades coexistindo e fazendo um gigantesco reboot nos quadrinhos da editora.

Com a proximidade do filme do Flash, que chega nesse ano aos cinemas, e com toda a instabilidade do UDC, será que essa aparição do Sargento Gorila também será uma “pré-Crise”, só que agora no universo cinematográfico? Com os boatos de que o filme do velocista mais famoso dos quadrinhos vai fazer um reboot nos longas da DC, é até bem possível.

Os novos episódios de Pacificador estreiam toda quinta, somente no HBO Max.



Não deixe de assistir: