Johnny Depp foi o grande responsável por dar vida ao caricato personagem Jack Sparrow na franquia ‘Piratas do Caribe‘. E após cinco produções, o ator se despediu do papel e não retornará para o próximo e tumultuado longa do cânone.

O motivo foi uma briga feia e pública com a atriz Amber Heard, que havia acusado o ator de agressão.

Porém, em uma série de fitas cassetes explosivas que o jornal Daily Mail divulgou, Heard surge confessando ter agredido seu ex-marido Johnny Depp, o estapeando e jogando panelas e frigideiras nele.

Agora, um grupo de fãs saiu em defesa a Depp e pediu para a Disney manter o veterano no papel de Jack Sparrow. A petição já passou das 70 mil assinaturas (meta estipulada pelo responsável da campanha).

Se essa petição mudará a decisão do estúdio é incerto e pouco provável. Mas a manifestação pública conjunta gera efeitos interessantes e podem exercer um certo impacto. Quando a Disney decidiu demitir James Gunn, em virtude de seus antigos e polêmicos tweets, o fervoroso apoio generalizado dos internautas contribuiu diretamente para sua recontratação. Em um movimento contrário ao esperado, muitas fãs e celebridades saíram em sua defesa, alegando que as decisões equivocadas do passado já haviam sido redimidas e que era fundamental dar uma nova chance ao artista.

Aproveite para assistir:



Craig Mazin, roteirista de ‘Todo Mundo em Pânico 3 e 4‘, ‘Se Beber Não Case! 3‘ e criador da série ‘Chernobyl‘, foi contratado para desenvolver uma nova história da franquia que tem como intuito atrair um novo público.

Ele escreverá o filme ao lado do veterano Ted Elliott, responsável pelo script dos primeiros quatro filmes da franquia.

Não deixe de assistir:


SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE