Há quase um ano, no dia 25 de novembro de 2020, o mundo perdia um dos maiores jogadores de todos os tempos, enquanto a Argentina perdia o mais humano dos deuses. Em meio a muitas alegrias e representatividade de seu povo, Don Diego Armando Maradona viveu intensamente e cometeu muitos erros. Mas antes dessa imagem do polêmico e amado craque argentino, houve um menino como qualquer outro, que cresceu com o amor da mãe e do pai, sonhando em um dia jogar futebol e fazer do esporte sua profissão. É partindo dessa premissa que Maradona: Conquista de Um Sonho, a mais nova série original do Amazon Prime Video, constrói sua história sem omitir acertos e erros do craque, mostrando todas as suas facetas e casos inéditos que ajudaram a formar a divindade argentina.

Contada de forma não linear, a série transita entre infância, adolescência e vida adulta, trazendo aos episódios uma energia meio caótica de estar em um momento completamente tranquilo e logo em seguida dar um salto temporal de anos e estar presenciando uma situação assustadora e/ ou polêmica. É uma forma bem interessante de retratar o ícone argentino, até porque sua vida era mostrada pela imprensa com essa mesma intensidade, fazendo da biografia dele uma montanha-russa de alegrias, tristezas e glórias. O período que retrata sua infância faz um retrato fiel da classe operária argentina, passando por vários momentos históricos, como a morte do ex-presidente Juan Domingo Perón, na década de 1970. Esse contexto político acaba ficando em segundo plano nesses três primeiros episódios, que retratam mais um Maradona iniciando sua vida no futebol, ainda sem o peso e a representatividade para enfrentar a ditadura, como ele viria a fazer anos mais tarde. Porém, mesmo sem ser a trama principal, os horrores feitos pelos militares argentinos estão presentes e sua crueldade vai aumentando conforme passam os episódios.



Saindo da questão política, a parte mais fantástica de se acompanhar nestes três primeiros episódios é a juventude de Maradona, que fica marcada por sua estreia no futebol profissional. O personagem ainda tem aquela inocência juvenil e isso proporciona um deslumbramento muito grande com todas as novidades que a vida de jogador podem trazer para um menino de infância humilde. Da mesma forma, a reação da imprensa à estreia da principal esperança do futebol argentino e até mesmo a influência do governo na chegada de Diego a certas equipes é simplesmente incrível.

Paralelamente ao que acontece dentro das quatro linhas, a vida pessoal do menino é muito mais comum do que a imagem de “fanfarrão” vendida por jornais e revistas nos últimos 30 anos nos permitia imaginar. Afinal, como esperar que Maradona, aquele Maradona, pudesse ter problemas para chamar uma garota para o baile ou ficar chateado por não jogar uma partida?

Aproveite para assistir:

Uma das coisas mais legais desses três primeiros episódios é a estreia e relação dele com a Seleção da Argentina. Tudo que acontece pela Albiceleste, seja bom ou ruim, é muito valorizado pelo menino, que mesmo sendo preterido pelo técnico, em momento algum deixa que o pai sinta raiva da equipe ou que torça contra seu país, mostrando que os verdadeiros patriotas são o povo. É uma visão bem interessante de um jogador que foi tão icônico para o país, que recebeu o apelido de D10s.



A fase adulta traz pontos polêmicos da vida do atleta sem poupar ou esconder detalhes pesados. Mas também aposta na relação dele com outros jogadores e seus familiares. Sim, há referências ao Pelé. E a escolha da equipe de misturar cenas recriadas com imagens de arquivo de jogos ou entrevistas é ótima, porque passa muita veracidade à produção, ressaltando a escolha perfeita do elenco. Independentemente da fase do camisa 10, o ator escolhido para interpretá-lo é muito parecido ao Maradona da vida real.

Com muito potencial para se tornar uma das maiores produções sobre futebol de todos os tempos, Maradona: Conquista de Um Sonho é uma cinebiografia que tenta mostrar que o Maradona da vida real foi muito mais do que a figura problemática vendida por tantos veículos de imprensa. O Prime Video disponibilizou cinco episódios nesta sexta (29). Os próximos episódios serão lançados nas próximas cinco sextas-feiras no serviço de streaming.

 

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: