A espera finalmente acabou! O primeiro episódio da nova série animada do universo ‘Star Wars’, ‘The Bad Batch’, finalmente está disponível na plataforma Disney+, e veio com tudo que os fãs desejavam encontrar!

Com uma hora e quinze de duração, ‘Aftermatch’, o primeiro episódio, possui quatro arcos históricos que se encerram dentro de sua extensão, construindo todo um caminho que direciona para o enredo da primeira temporada, cujo gancho se apresenta ao final do episódio. Essas pequenas histórias dentro da trama são essenciais para contextualizar o espectador sobre tudo que está rolando, de modo que mesmo aqueles que não assistiram qualquer coisa do universo criado por George Lucas poderão entender o que está acontecendo a partir daquele ponto e seguir adiante na série. Isso é muito positivo para conquistar novos fãs para a franquia. Já o segundo episódio, com metade da duração, foca mais em construir o aspecto de família do grupo, aproximando-o mais da proposta de ‘O Mandaloriano‘.



Escrito por Matt Michnovetz e Brent V. Friedman, ‘Aftermatch’ situa ‘The Bad Batch’ nos últimos momentos das guerras clônicas, mostrando a confusão que se criou após o fim da guerra e as mudanças de posicionamentos entre os envolvidos (para não darmos spoilers). O lote estragado de clones soldados se vê dividido entre seguir ordens ou questionar se tudo que estão fazendo é realmente o certo a se fazer. Como líder, Hunther (e sua pegada meio ‘Rambo’ de ser) sofre um profundo dilema entre comandar sua equipe de soldados e verificar os fatos, seguindo seus instintos. Esse pequeno detalhe do lote estragado os aproxima mais do coração do espectador, os humaniza, afastando-os de uma vez por todas de qualquer semelhança com os Troopers da saga original.

A direção geral de Dave Filoni, com a direção específica de Kyle Dunlevy, acerta o tom aventuresco para iniciar a produção já lá em cima, sem enrolação, recuperando o mesmo formato usado no primeiro episódio de ‘A Guerra dos Clones’. Ao repetir a estética já apresentada em ‘The Clone Wars’, o espectador se sente voltando para casa por reconhecer os traços dos desenhos – que, ainda assim, foram aprimorados, especialmente nas cenas abertas, ganhando textura quase palpável. E foi totalmente acertado colocar já neste primeiro episódio a afirmação daquilo que os fãs mais achavam que iam encontrar em ‘The Bad Batch’: a cena em que isso ocorre é totalmente arrepiante!

Perguntas não solucionadas anteriormente apresentam suas respostas e até mesmo uma certa teoria de fã se comprova, aumentando ainda mais o hype da série. O link criado entre esta produção e o universo Star Wars é tão essencial, que faz dela uma série urgente para ser assistida por todos os fãs.



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva