Em 25 de dezembro do ano passado, o diretor indicado ao Oscar e vencedor do Emmy, Jean-Marc Vallée (‘Clube de Compras Dallas’) faleceu inesperadamente, aos 58 anos de idade.

Na época, a causa da morte não havia sido revelada, o que abalou familiares, amigos, colegas de trabalho e fãs.

No entanto, o Deadline divulgou que Vallée faleceu devido a um ataque cardíaco fulminante.

A informação foi levado a público pela família, que compartilhou o laudo do Instituto Médico Legal de Quebec, onde Vallée vivia.


No documento, consta que:

Aproveite para assistir:



“A Morte de Jean-Marc Vallee não foi causada pela intervenção de outra parte, um ato voluntário ou uma doença conhecida, mas resultado de uma arritmia cardíaca fatal secundária à aterosclerose coronariana grave.”

Logo após a morte do cineasta, Nathan Ross, produtor parceiro de Vallée em projetos como as minisséries Sharp Objects‘ e ‘Big Little Lies‘, lamentou a repentina despedida do amigo e colega de trabalho, refletindo sobre a sua autenticidade e visão criativa.

“Jean-Marc representou criatividade, autenticidade e tentou fazer as coisas de forma diferente. Ele era um verdadeiro artista e um cara generoso e amoroso. Todos que trabalharam com ele não podiam deixar de ver o talento e a visão que ele possuía. Ele era um amigo, parceiro criativo e um irmão mais velho para mim. O maestro fará muita falta, mas é um conforto saber que seu belo estilo e trabalho impactante – que ele compartilhou com o mundo – vão viver”.


Com uma carreira bem prestigiada, Vallée ganhou um Emmy Award e um prêmio do Sindicato dos Diretores da América (DGA Award, em inglês) por seu excepcional trabalho em ‘Big Little Lies‘.

O cineasta ainda recebeu uma indicação ao Oscar por sua direção em ‘Clube de Compras de Dallas‘, mas não levou a estatueta. No entanto, os atores Jared Leto e Matthew McConaughey conquistaram os prêmios de Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Ator, respectivamente.

Vallée deixou dois filhos.

Não deixe de assistir: