Brandon Routh interpretou o Superman pela primeira vez em 2006, em ‘Superman: O Retorno’, e teve a oportunidade de reprisar o papel em ‘Crise nas Infinitas Terras‘, o grandioso crossover entre as séries da CW.

Mas será que ele estaria disposto a vestir o icônico mais uma vez se fosse chamado para a vindoura adaptação de ‘The Flash‘?

Durante uma entrevista para o The Geek House Show, Routh foi questionado com a mesma pergunta, ao que ele respondeu:



“É sério? Quero dizer, seria uma ótima uma possibilidade. Eles estão trazendo o Michael Keaton [como Bruce Wayne], e eu fiquei muito animado com isso… Acho que tem mais astros de outros projetos da DC, não é?”

Ele continuou:

Aproveite para assistir:



“Acho que é muito empolgante porque essa ideia deu certo em Crise nas Infinitas Terras, e eu estava extremamente orgulhoso e honrado por fazer parte daquela história e reprisar meu papel como Superman. Isso não acontece sempre, não é? Então, é uma ótima possibilidde, sem dúvidas. [No cinema] você pode fazer qualquer coisa! Todo mundo vive e morre o tempo todo nesses filmes.”

E aí, o que você acha da ideia?

Relembre uma das cena de Routh em Crise nas Infinitas Terras:



Lembrando que ‘The Flash‘ foi adiado de junho de 2022 para novembro do mesmo ano.

Além de Keaton, o Batman de Ben Affleck também foi confirmado na adaptação, e muitos fãs se perguntaram por que ele concordou em reprisar o papel.

Durante uma entrevista para a Vanity Fair, a produtora Barbara Muschietti disse que o astro havia desistido do personagem porque estava passando por um momento ruim, mas agora se disposto a reviver o Homem-Morcego do DCEU.

“Houve várias especulações e coisas que ele mesmo disse sobre ter dificuldades para interpretar Batman, e foi difícil para ele. Acho que ele havia desistido por que estava vivendo um momento difícil em sua vida pessoal. Quando o abordamos, ele parecia estar em um momento diferente. Ele foi muito aberto à ideia [de reprisar o papel], o que foi uma surpresa para nós. “Somos todos humanos e passamos por situações difíceis. Estou feliz que agora ele esteja interessado em retornar, porque a presença do Batman será fundamental e emocionante, ao mesmo tempo que terá um toque divertido.”



Na mesma entrevista, o diretor Andy Muschietti (‘It: A Coisa‘) explicou o que torna a versão do Batman de Affleck tão importante para o legado do personagem.

“O Batman do Ben Affleck tem um dicotomia que é muito forte, que é a sua masculinidade – porque causa da sua aparência, a figura imponente que ele tem e seu maxilar –, mas ele também tem vulnerabilidade. Ele precisa de uma história que destaque esse contraste, esse equilíbrio.”

O cineasta também falou sobre a importância do herói na trama.

“O Batman de Ben Affleck é uma parte muito importante do impacto emocional do filme. A interação e o relacionamento entre Barry e o Wayne de Affleck vão trazer um nível emocional que não vimos antes. É o filme de Barry, é a história de Barry, mas seus personagens estão mais relacionados do que pensamos. Ambos perderam suas mães assassinadas, e esse é um dos estopins emocionais do filme. É aí que o Batman do Affleck  entra em ação.”



Ele acrescentou que:

“O filme é um pouco uma dobradiça no sentido de que apresenta uma história que implica um universo unificado onde todas as iterações cinematográficas que vimos antes são válidas […] É inclusivo no sentido de que está dizendo tudo o que você já viu existe, e tudo o que você vai ver existe, no mesmo multiverso unificado.”  

A trama mostrará Barry Allen/Flash (Ezra Miller) viajando no tempo para impedir o assassinato de sua mãe. Porém, quando ele retorna ao presente, sua mãe ainda está viva…. mas o mundo é um pesadelo. A Liga da Justiça nunca existi e Barry precisa fazer de tudo para corrigir todos os seus defeitos.



Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE