Com o passar dos anos, mais e mais títulos ganham o status de clássico por fãs e por especialistas da arte cinematográfica.

Desde as primeiras escolas da sétima arte – como o cinema soviético e o expressionismos alemão -, passando pelos dramas atemporais como ‘Casablanca’‘Cidadão Kane’, até chegar à ascensão dos musicais e do gênero detetivesco, são várias as obras que continuam a estender seu inestimável legado para o cenário contemporâneo, revisitadas constantemente como fonte de influência e de inspiração para realizadores que ainda acreditam que há histórias novas a serem contadas.

Pensando nisso, o CinePOP resolveu explorar o extenso catálogo do Star+, recente plataforma de streaming subsidiária do Walt Disney Studios e do Disney+, para vasculhas por filmes clássicos que merecem ser conferidos.

De CleópatraTitanic, confira nossas escolhas abaixo e conte para nós qual o seu favorito:



CLEÓPATRA (1963)

Aproveite para assistir:

Quase uma década e meia depois de ter levado o Oscar de Melhor DireçãoMelhor Roteiro por ‘A Malvada’Joseph L. Mankiewicz voltaria a conquistar ainda mais aclame com o épico histórico Cleópatra. Estrelada por Elizabeth Taylor, a produção gira em torno da vida e do império comandado pela personagem titular, a jovem rainha do Egito que resistiu ao imperialismo de Roma. Conquistando quase três vezes o valor de seu orçamento nas bilheterias mundiais, o longa foi elogiado pela crítica e conquistou nove indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme, além de ter catapultado ainda mais a carreira de Taylor no show business.

TUBARÃO (1975)

Tubarão revolucionou o cinema e se tornou o primeiro blockbuster da história – e é claro que o filme com um calibre deste tamanho seria comandado pelo lendário diretor Steven Spielberg. A trama acompanha um terrível ataque a banhistas que dá sinal de que a praia da pequena cidade de Amity virou refeitório de um gigantesco tubarão branco, que começa a se alimentar dos turistas. Embora o prefeito queira esconder os fatos da mídia, o xerife local (Roy Scheider) pede ajuda a um ictiologista (Richard Dreyfuss) e a um pescador veterano (Robert Shaw) para caçar o animal. Mas a missão vai ser mais complicada do que eles imaginavam.



ALIEN – O 8º PASSAGEIRO (1979)

O clássico de Ridley Scott merece estar na sua lista – e merece ser redescoberto quantas vezes forem necessárias. Na trama, uma nave espacial volta para a Terra e recebe estranhos sinais vindos de um asteroide. Ao investigarem o local, um dos tripulantes é atacado por um estranho ser. O que parecia ser um ataque isolado se transforma em um terror constante, pois o tripulante atacado levou para dentro da nave o embrião de um alienígena, que não para de crescer e tem como meta matar toda a tripulação.

E.T.: O EXTRATERRESTRE (1982)

Outro clássico de Spielberg na nossa lista – e esse, definitivamente, é um dos mais conhecidos de sua carreira. Trazendo no elenco nomes como Dee WallaceHenry ThomasDrew Barrymore, a narrativa é centrada em Elliott, um jovem garoto que cria laços de amizade com um extraterrestre que está preso na Terra. Ao lado de seus amigos e de sua família, Eliott deve encontrar um jeito de ajudar a pobre criaturinha a voltar para sua casa – sem chamar a atenção do governo e das autoridades que querem encarcerá-lo para estudo.

A MOSCA (1986)



David Cronenberg é um nome que muitos conhecem – ainda que indiretamente. Suas habilidades fílmicas colocaram em voga uma outra vertente do terror, o corporal, em que seus personagens passavam por mutações viscerais e horrendas. O cineasta, em sua extensa filmografia, mergulha na busca entre terror e sci-fi que alcançaria o ápice com A Mosca. Conquistando o Oscar de Melhor Maquiagem no ano seguinte, a narrativa traz o físico Seth Brundle como protagonista (interpretado por Jeff Goldblum), cujo objetivo é construir uma máquina de teletransporte. Entretanto, ao entrar na cabine para testá-la, seu corpo se funde ao de uma mosca e dá origem a uma monstruosa criatura movida pelo medo.

DE VOLTA PARA O FUTURO (1985)

Estrelado por Michael J. FoxChristopher LloydLea ThompsonCrispin Glover e Thomas F. Wilson, a história gira em torno de Marty McFly, um adolescente que acidentalmente viaja trinta anos para um passado através de um carro DeLorean transformado em máquina do tempo por seu amigo cientista Doc Brown. Preso no passado, Marty sem querer impede que os pais se conheçam, e, lutando contra o tempo, tenta reuni-los para que seu futuro não esteja perdido.

DIRTY DANCING (1987)

Nesse clássico de Emile Ardolino, Baby (Jennifer Grey) está a um verão de entrar para o Corpo de Paz. Esperando aproveitar sua juventude enquanto ela dura, Baby fica desapontada quando seus planos de férias a levam para um resort em Catskills junto aos pais. A sorte dela muda totalmente, entretanto, quando o instrutor de dança do resort, Johnny (Patrick Swayze), alista Baby como sua nova parceira – e os dois se apaixonam. O pai dela a proíbe de vê-lo, mas ela está determinada a ajudá-lo a performar a última grande dança do verão.



SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS (1989)

Trazendo no papel principal ninguém menos que o icônico Robin Williams‘A Sociedade dos Poetas Mortos acompanha o novo professor de inglês John Keating, que é introduzido a uma escola preparatória de meninos que é conhecida por suas antigas tradições e alto padrão. Ele usa métodos pouco ortodoxos para atingir seus alunos, que enfrentam enormes pressões de seus pais e da escola. Com a ajuda de Keating, os alunos Neil Perry, Todd Anderson e outros aprendem como não serem tão tímidos, seguir seus sonhos e aproveitar cada dia.

TITANIC (1997)

Conquistando onze estatuetas do Oscar e carregando por muito tempo o título de filme mais bem-sucedido de todos os tempos, o trágico épico de James Cameron completa 25 anos neste ano e incorpora elementos reais e fictícios para trazer à vida a narrativa do RMS Titanic, um gigantesco transatlântico que colidiu com um iceberg e naufragou, tornando-se um dos maiores desastres humanos de todos os tempos. No centro desse impiedoso enredo, temos o crescente amor que desperta entre Rose DeWitt (Kate Winslet) e Jack Dawson (Leonardo DiCaprio), dois jovens pertencentes a mundos diferentes e que lutam para ficar juntos em meio a tantas adversidades.

A BRUXA DE BLAIR (1999)



Um dos clássicos mais recentes da nossa lista, A Bruxa de Blair promoveu uma grandiosa revolução no gênero terror e popularizou a estética do found footage e do mockumentário. Lançado em 1999, a produção fez um estrondo de bilheteria e funciona até os dias de hoje como uma belíssima aula de marketing sobre como promover um filme. A história acompanha três jovens cineastas amadores que viajam para uma sombria floresta a fim de rodar uma obra sobre a lenda da Bruxa de Blair; acreditando ser apenas uma narrativa fantasiosa, o grupo percebe que a perigosa criatura realmente existe e os está caçando impiedosamente.

 

Não deixe de assistir: