Se existe um lugar onde o sentido de eternidade existe, este lugar é o cinema. A sétima arte possui inúmeras definições e algumas das mais emblemáticas são: a viagem no tempo a durabilidade. A primeira, nos faz poder voltar e visitar uma história passada na década de 1970, por exemplo, ou até mesmo em 1930. Costumes, cultura e como se comportava a sociedade da época analisados através dos filmes são um grande estudo antropológico. E quando falamos em longevidade, adentramos no tópico de marcas que fizeram sucesso há 30, 40 ou quem sabe 60 anos e que continuam a permear a cultura popular e atingir os mais jovens.

Recentemente, escrevi uma matéria celebrando as franquias ou filmes de 40 anos atrás que estão sendo repaginados para novas versões, para capturar agora a imaginação de toda uma nova geração de jovens, assim como fez com os jovens daquela época. A arte é cíclica, e chega a ser emocionante notar como produtos como Os Caça-Fantasmas, por exemplo, agora chamados por seu título original Ghostbusters, que marcaram de forma tão emblemática a infância da geração dos anos 80, continua encantando plateias e as crianças e jovens de hoje com seu mais recente exemplar.

Leia também: 40 Anos de Sucesso! Os Filmes dos Anos 80 que Voltam em Breve nos Cinemas e TVs

Dando continuidade à nossa matéria de certa forma, iremos agora dar uma olhada nas produções lançadas há exatos 35 anos nos cinemas que muito em breve irão retornar com força à cultura pop, seja nas telonas dos cinemas, ou nas telinhas de TV na forma da nova sensação atual, os seriados que são verdadeiras superproduções. Confira abaixo e comente.



Top Gun: Maverick

Começamos a lista com a mais “concreta” das produções, isso porque Top Gun: Maverick já está pronto e seria lançado este ano. O longa terminou sendo empurrado para 2022, e em nova data irá estrear no fim de maio. O primeiro Top Gun, de 1986, transformou o ator Tom Cruise num dos maiores astros de Hollywood. Só é uma pena o filme não ter rendido uma continuação na época. Porém, Cruise reconsiderou e agora surge com essa sequência tardia, em outra fase de sua vida, mais maduro. Para todos que viveram no período, a continuação é um dos longas mais aguardados de anos recentes.

Aproveite para assistir:

Cobra Kai / Karatê Kid

Você está preparado para passar o réveillon com Daniel ‘San’ LaRusso, Johnny Lawrence, John Kreese e toda essa “turminha do barulho”? Pois bem, a 4ª temporada da querida série Cobra Kai estreia justamente no dia 31 de dezembro deste ano na Netflix, e promete trazer de volta o vilão definitivo Terry Silver (Thomas Ian Griffith), assim como provavelmente algumas novas surpresas. Cobra Kai, é claro, é a continuação na forma de uma série de TV muito popular da franquia Karatê Kid no cinema. E embora Terry Silver só tenha sido apresentado no terceiro filme, de 1989, há 35 anos Daniel ia com seu mentor, o icônico Sr. Miyagi (o saudoso Pat Morita), para o Japão na primeira sequência do filme clássico original de 1984.



Highlander – O Guerreiro Imortal

Recentemente, escrevi uma matéria relembrando este clássico cult que é Highlander: O Guerreiro Imortal. O fato é: apesar de ter permanecido vinculado ao remake de Highlander por bastante tempo, o astro Ryan Reynolds terminou abrindo mão do projeto, provavelmente por motivo de conflitos de agenda. Reynolds foi substituído pelo Superman em pessoa, Henry Cavill, que já demonstrou na Netflix com o seriado Witcher ser um bom intérprete para um guerreiro medieval com habilidade na espada. O diretor é Chad Stahelski, especialista em ação tendo comandado os três filmes da franquia John Wick, com Keanu Reeves, preparando para lançar o quarto longa ano que vem. Ou seja, podemos esperar um Highlander frenético, e repleto de adrenalina.

Leia também: Highlander | Enquanto o remake com Henry Cavill não sai, conheça o clássico de 35 anos – em cartaz na Netflix

Star Trek

Passamos da fantasia para a ficção científica. A franquia Star Trek (ou Jornada nas Estrelas, como era conhecida no passado) é uma das mais duradouras da cultura pop, tendo iniciado ainda na década de 1960, numa série de TV muito popular. Inúmeras séries derivadas depois e uma carreira bem sucedida também nos cinemas – onde as aventuras da tripulação original e também da Nova Geração foram adaptadas -, a franquia ganharia um reboot em 2009. Essa nova linha narrativa rendeu três filmes, em blockbusters protagonizados por Chris Pine, Zachary Quinto e Zoe Saldana. Por um tempo, ninguém menos que Quentin Tarantino estava ventilando rumores de que iria dirigir um filme desta franquia. Nada ficou confirmado, mas o que começa a tomar forma de fato é o quarto filme com a narrativa do reboot, novamente com o mesmo elenco – que agora tem o diretor de WandaVision, Matt Shakman, no comando e estreia prometida para o final de 2023. Há 35 anos no passado, era lançado nos cinemas o quarto filme da franquia, subtitulado A Volta para Casa, o mais elogiado com a tripulação original.

Alien

Por falar em filmes de ficção científica queridos dos fãs, aqui temos uma franquia que é uma verdadeira unanimidade, e que sempre desperta a discussão sobre qual de fato é o melhor: o original Alien de 1979, ou sua continuação Aliens – O Resgate, lançado há 35 anos. O criador de tudo Ridley Scott bem que tentou cuidar da franquia de novo, mas terminou entregando pré-sequências problemáticas com Prometheus (2012) e principalmente Alien Covenant (2017). No processo jogou para escanteio o diretor Neill Blomkamp, que empolgou os fãs com suas artes conceituais e iria dirigir um quinto filme de Alien, continuando a história diretamente após o segundo. Agora o que acontece é que nas mãos da Disney, após a compra da Fox, Alien terá seu destino nas telinhas, em uma nova série da FX.



A Pequena Loja de Horrores

Ainda no terreno do terror, aqui temos um clima assustador de mentirinha. Há 35 anos era lançado no cinema este longa musical sobre uma planta carnívora falante, cantante e devoradora de carne humana. A obra que conta com nomes como Rick Moranis, Bill Murray, John Candy e Steve Martin em seu elenco é na verdade uma adaptação para as telas de um musical da Broadway criado por Howard Ashman (que também assina o roteiro do longa). O musical dos palcos, por sua vez, foi uma nova roupagem dada um clássico cult do cinema B, lançado em 1960, escrito e dirigido pelo mestre Roger Corman. Agora, uma nova versão é planejada, ainda na forma de um musical e tem nomes como Scarlett Johansson, Chris Evans e Taron Egerton vinculados no elenco nos papeis principais.

Os Aventureiros do Bairro Proibido

Clássico absoluto da Sessão da Tarde na Globo, essa obra inesquecível de John Carpenter foi lançada há exatos 35 anos atrás. Essa é provavelmente um dos filmes que mais frustrou os fãs na época por não ter seguido em uma tão prometida continuação. O desfecho deixa um baita gancho para tal e o filme tinha tudo para render o dois. Acontece é que o longa não obteve o sucesso esperado de bilheteria e assim os planos foram por água abaixo. Há muito tempo que Hollywood pensa em continuar essa história e o caminho mais provável para isso é um remake. Ainda hoje o grandalhão Dwayne Johnson segue vinculado ao projeto para estrelar nas formas do novo Jack Burton, o caminhoneiro imortalizado por Kurt Russell no original. Resta esperar para saber se algum dia esta ideia irá sair do papel.

O Massacre da Serra Elétrica


Ao mesmo tempo uma das maiores e mais adoradas franquias de terror barra-pesada do cinema, O Massacre da Serra Elétrica é também uma das franquias mais irregulares do gênero. É só percebermos o que o próprio criador Tobe Hooper fez ao entregar a primeira continuação. Enquanto o original de 1974 é um filme cru e visceral, banido em diversos países na época, o mesmo diretor lançava a sequência há 35 anos, em 1986. Acontece que ao invés do clima original, o cineasta criava basicamente uma paródia surrealista, com uma comicidade latente, mais em sintonia com a era dos slashers da década de 80. Agora, o produtor Fede Alvarez (O Homem nas Trevas) tira um novo produto desta franquia, que será uma continuação direta do original e também um reboot. Na trama, teremos o retorno da protagonista original, Sally, agora vivia por outra atriz. A história se passará muitos anos depois dos acontecimentos do original. A Netflix ficará responsável por lançar o terror.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: