Os advogados da atriz Amber Heard (‘Aquaman’) querem anulação do veredito a favor de Johnny Depp (‘Piratas do Caribe’). Isto porque o ator venceu a ação movida por difamação contra sua ex-esposa há um mês, e deve receber US$ 10 milhões de indenização por danos compensatórios, além de US$ 5 milhões por danos punitivos.

Essa nova ação referida pelos representantes de Amber na Virgínia argumenta que decisão foi “excessiva em relação às evidências apresentadas e à lei”.

Os advogados visam outro julgamento ou que o caso seja encerrado com derrota de Depp.

Além disso, afirmam que o ator não “apresentou evidências que Heard não se sentiu abusada”, como alegou para acusá-la de difamação. A ação relembra que é necessário “abandonar alegações de que declarações de Amber eram falsas”.


Vale lembrar que Depp ganhou a ação de difamação contra a ex-esposa no Tribunal do Condado de Fairfax, na Virgínia, EUA. Durante o processo, foram ouvidos mais de 100 horas de depoimentos de testemunhas, além de áudios gravados e depoimentos ao vivo de Depp e Heard.

Não deixe de assistir: