Três anos já se passaram desde a trágica morte de Anton Yelchin, aos 27 anos, e em tão pouco tempo, o ator causou um enorme impacto nas pessoas ao seu redor.

No último fim de semana, Chris Pine participou de uma exibição especial pelos 10 anos do reboot de ‘Star Trek’ e homenageou o amigo, que interpretou Chekov nos três filmes mais recentes da franquia.

“Esse cara curioso, fascinante, complexo e estranho que, quando começamos [Star Trek], era cerca de 10 anos mais novo do que todos nós. Ele era uma espécie de nosso irmão mais novo, e nós o vimos crescer e continuar a ficar mais estranho e mais curioso.”, disse Pine em frente a uma multidão de fãs.

Durante a pré-produção de ‘Star Trek: Sem Fronteiras’, Yelchin foi diagnosticado com fibrose cística, mas ignorou os sintomas e permaneceu na produção.

“Tivemos cerca de uma semana fazendo um truque bem intenso, realmente cansativo e fisicamente exigente. Eu realmente não pensei sobre isso até agora, mas olhando para trás, lembro como foi difícil para ele passar por isso. E ele nunca reclamou.”, continuou.

Antes da exibição do filme, houve um trailer do documentário sobre a vida de Yelchin, ‘Love, Antosha’, no qual Pine é um dos astros apresentados.

Assista:

O astro Anton Yelnchin tinha uma promissora carreira à sua frente. Ganhando destaque na franquia de ‘Star Trek‘, ele começava a traçar sua rota de sucesso em filmes independentes, se consolidando gradativamente no meio.

Aproveite para assistir:

Mas sua abrupta morte em 2016 acabou interrompendo sua jornada, deixando todos perplexos por sua repentina despedida. Ainda assim, Yelchin continua sendo lembrado ao redor do mundo por seu carisma e atuação de impacto.

A produção estreou no Festival de Sundance 2019 e terá lançamento limitado nos cinemas, chegando à Los Angeles em 02 de agosto e em Nova York no dia 09 do mesmo mês.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE