Em entrevista ao The Daily Beast, o diretor Christopher Nolan falou sobre a possibilidade de dirigir os próximos filmes das séries ‘Star Wars’, ‘007’ e também rebateu as críticas sobre a ciência de ‘Interestelar’, seu novo épico sci-fi, atualmente em cartaz nos cinemas.

Sobre ‘Star Wars’:

“Tirando o fato se eu faria ou não [um filme da saga], a verdade é que acho que eu teria medo de tocar na franquia! J.J Abrams audaciosamente retomou ‘Star Trek’; ele teve bolas colossais. Eu me sinto muito mais confortável tentando fazer as minhas próprias coisas do que carregando o peso e as expectativas do mundo inteiro – principalmente as de quarentões como eu que morrem e vivem de novo a cada novo pedaço de informação sobre ‘Star Wars’.”

Sobre as críticas à ‘Interestelar’ e suas ficções científicas:

“Houve vários tweets impulsivos de pessoas que só viram o filme uma vez. Mas para realmente entender a ciência do filme, voce precisará sentar um pouco e assistí-lo provavelmente com o livro de Kip [Thorne, físico].

Meus filmes sempre carregaram um padrão elevado de exigência para esses tipos de assuntos, que não são aplicados para os filmes dos outros – mas eu lido bem com isso. As pessoas sempre acusam meus filmes de terem buracos no roteiro, e estou bem ciente dos furos nas minhas tramas e de quando as pessoas conseguem identificá-los, mas geralmente não conseguem.”

Sobre fazer um filme de James Bond:

“Eu amo James Bond e sempre conversei com os produtores [dos filmes] ao longo dos anos, mas nunca deu certo. Eles fazem um excelente trabalho – e não precisam de mim agora, já que Sam [Mendes, atual diretor da franquia] é um talento extraordinário.”

Christopher Nolan não voltará a dirigir um filme de super-herói

Aproveite para assistir:

Interestelar’ abriu em segundo lugar no seu primeiro fim de semana nos EUA, com US$ 50 milhões. Trata-se da abertura mais fraca de Nolan desde ‘O Grande Truque’ (que fez US$ 14,8 milhões em 2006) e o primeiro filme do cineasta a não estrear em primeiro lugar desde ‘Insônia’ (2002). Com a bilheteria internacional, o sci-fi já tem US$ 132 milhões em seu primeiro fim de semana.

Estrelada por Matthew McConaughey, Anne Hathaway e grande elenco, a trama narra as aventuras de um grupo de exploradores que faz uso de um buraco negro recém-descoberto para superar as limitações de uma viagem espacial humana e conquistar as grandes distâncias relacionadas a uma viagem interestelar.

Em cartaz no Brasil desde quinta (6), o filme tem 167 minutos (2 horas e 47 minutos) e é o mais longo da carreira de Nolan.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE