Logo no início da Pandemia do Coronavírus, o interesse por filmes sobre doenças infecciosas começou a despertar nos cinéfilos pelo mundo, principalmente pelo longa ‘Contágio‘, dirigido por Steven Soderbergh em 2011.

Isso porque a trama gira em torno de uma doença originária da China, mas que acaba se espalhando pelo mundo quando uma mulher retorna aos EUA depois de uma viagem ao país asiático.

No entanto, Kate Winslet, uma das estrelas, revelou à Entertainment Weekly que alertou amigos e familiares para não assistirem ao filme para evitarem crises de ansiedade.



Winslet ainda admitiu que nunca assistiu ao filme completo e nem tem vontade de fazer isso.

“Todo mundo começou a me perguntar sobre ‘Contágio‘ [após o início da pandemia do Coronavírus], e eu estava tipo: ‘Pessoal, não assistam isso! Vai assustar vocês, vai deixá-los paranoicos’.”

Aproveite para assistir:



A atriz revelou que o longa possui informações bastante precisas sobre doenças e pode causar distúrbios em pessoas sensíveis.

“Eu disse isso porque a história é assustadoramente precisa e pode abalar os mais sensíveis. Trabalhamos com uma equipe brilhante de pessoas que consultavam o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, que nos dava informações diariamente e ajudou o roteirista [Scott Z. Burns] a projetar aquele tipo de vírus. Sério, eu não entendo porque as pessoas querem resgatar esse conteúdo no momento em que estamos.”

Há alguns meses, A Universidade de Medicina de Columbia (Columbia Public Health) organizou uma ação de conscientização contra o ‘Coronavírus’ e convidou alguns membros do elenco para dar dicas ao público para evitar a contaminação.



Em uma série de vídeos, Matt Damon, Winslet, e Jennifer Ehle compartilham dicas de sobrevivência essenciais para frear a propagação do vírus.

No primeiro vídeo, Damon fala sobre a importância de seguir a recomendação de especialistas em relação ao distanciamento social.

Winslet explica maneira correta de lavar aos mãos e diz ao público para seguir as dicas “como ses suas vidas dependessem disso”. Além disso, a atriz diz que “superfícies como bancadas e mesas também podem abrigar o vírus, então é importante desinfetar a casa.”

Por fim, Jennifer Ehle diz que as pessoas precisam entender todos estão correndo risco, não apenas os idosos e pacientes com imunidade baixa.

Ehle enfatiza que é essencial manter a calma para não cair na paranoia ou informações falsas que são divulgadas a todo momento.



Assista:



Orçado em US$ 60 milhões, o longa foi um sucesso moderado e arrecadou US$ 135 melhões pelo mundo, além de registrar 85% de avaliações positivas no Rotten Tomatoes.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE