Além de expor a verdadeira face de alguns super-heróis, a trama de ‘The Boys‘ também faz bastante críticas à corrupção política, a empresários gananciosos, grupos extremistas e até mesmo à idolatria de celebridades.

Por conta disso, o criador e showrunner Eric Cripke revelou ao podcast Consequence of the Sound que já recebeu ameaças de morte por parte do público.

“Quando eu apresentei a ideia, nunca houve resistência por parte da minha equipe ou da Amazon Studios. Sabíamos que iríamos enfrentar a ira de algumas pessoas, porque fizemos questão de tocar nas feridas da sociedade. A série agride pessoas poderosas representadas por personagens megalomaníacos… E por incrível que pareça, esses poderosos têm fãs.”

Ele continuou:



“Até [o produtor] Seth Rogen me disse que eu poderia malhar o Judas, mas que eu deveria tomar cuidado com isso. Eu deveria mostrar aos fãs que estava do lado deles. Mesmo assim, recebi diversas ameaças de morte ao longo da 1ª temporada, e acho que é da natureza humana recorrer à raiva ou ódio quando você se sente reprimido e julgado. A boa notícia é que as ameaças diminuíram bastante no intervalo entre as duas temporadas.”

A série também tem um conteúdo visual bastante bizarro, incluindo rostos arrancados, cabeças explodindo, momentos sexuais embaraçosos, diálogos fora do comum e muitas outras esquisitices.

Aproveite para assistir:

Questionado sobre isso, Kripke admitiu que já está bem acostumado com isso.

“Para falar a verdade, acompanhar a criação dos roteiros acabou se tornando algo muito divertido e alegre para mim. É isso o que me preocupa enquanto escrevemos a 3ª temporada. Sinto uma sensação bem agradável. Eu sei que deveria estar em intensa e profunda reflexão sobre as barbaridades que criamos, mas que seja.”



Ele também explicou que o maior desafio para a equipe é manter a originalidade em meio a tantos filmes e séries de heróis que são lançado todo ano.

“Toda equipe por trás de um programa de televisão fica um pouco preocupada a cada temporada, sabe? Parece mais difícil, parece que toda a sua originalidade já foi explorada… Não queremos imitar filmes e séries que já foram feitos, então esse é nosso desafio de todos os dias. Às vezes, você precisa ir por um caminho que nem mesmo havia cogitado no início da produção, mas é isso que torna fascinante o trabalho de um criador de conteúdo.”

Lembrando que todos os episódios da 2ª temporada de The Boys‘ já estão disponíveis na Amazon Prime.

Confira nossa crítica:

Crítica | The Boys – 2ª temporada: Ainda mais sádica, violenta e ofensiva

Criada por Evan GoldbergEric Kripke e Seth Rogen, a série é baseada nos quadrinhos homônimos lançados em 2006.



A trama se passa em um mundo onde os super-heróis abraçaram o lado negro de suas famas, e irá focar em um grupo de vigilantes conhecido como “Os Garotos”, que são mandados para derrotar super-heróis corruptos com não mais do que coragem e disposição para lutar sujo.

O elenco inclui Karl Urban, Jack Qaudi, Karen Fukuhara, Erin Moriarty, Antony Starr, Dominique McElligott, Chace Crawford, Jessie T. Usher e Nathan Mitchell.

Comentários

Não deixe de assistir: