Quando o assunto é Segunda Guerra Mundial, o cinema norte-americano parece fazer um esforço super-humano para impedir que o público esqueça da participação do país no conflito. Com dezenas de produções sobre o tema sendo lançadas anualmente sobre as mesmas batalhas, é interessante quando uma produção decide voltar a explorar esse evento histórico, mas partindo da perspectiva de outros confrontos. Dessa vez, A Batalha Esquecida, que dá nome ao filme, é a Batalha de Walcheren Causeway.

Um dos maiores méritos desse filme original da Netflix é justamente a construção da ambientação com muita fidelidade. Desde os uniformes até os cenários incomodamente alagados, tudo passa muita veracidade e ajuda a construir a ambientação de conflito. E como os protagonistas da história não são os estereotipados soldados americanos, mas sim um aviador britânico e dois holandeses atuando em suas respectivas frentes, a dinâmica do filme consegue escapar daqueles clichês de personagens se divertindo em meio ao caos. De fato, a veracidade passa também por esses personagens, que sofrem diretamente os efeitos da guerra, evitando glamourizar a batalha, assim como muitos outros.



Filmado em sua grande maioria na Holanda, o filme é dirigido pelo holandês Matthijs van Heijningen Jr. – que ficou famoso por A Coisa, um longa de terror de 2011 -, que também ajudou na construção do roteiro. Ele não se incomoda em conduzir o filme de uma forma mais lenta, por isso as quase duas horas de duração. Ao longo desse tempo, ele investe nos confrontos armados e na dificuldade que o alagamento da região traz para as tropas. Porém, o tempo também é usado para desenvolver o drama dos envolvidos. Essas três tramas mostram diferentes horrores da guerra, explorando as lesões físicas, o medo do inimigo tomando conta do ambiente e a desumanização das tropas e dos civis nos tempos de guerra, lembrando que até mesmo os ditos heróis tiveram ações inescrupulosas.

Aproveite para assistir:

O nome mais famoso do elenco é o de Tom Felton, que foi o Draco Malfoy na franquia Harry Potter. Porém, os maiores destaques são os atores holandeses. Não que Tom esteja mal, muito pelo contrário. Todo o elenco está muito bem, mas Gijs Blom e Susan Radder dão um verdadeiro show de atuação, assim como Jamie Flatters. Os momentos que eles têm em tela fazem valer cada segundo.



Enfim, é um filme demorado sobre a miséria humana em meio a Segunda Guerra Mundial. Com alguns clichés, o longa consegue se desenvolver de forma devagar, o que pode incomodar alguns, mas os fãs de eventos históricos e de filmes de guerra definitivamente vão gostar.

A Batalha Esquecida está disponível na Netflix.

Não deixe de assistir: