Em 2013, em pleno século XXI, a DreamWorks investiu numa animação que se passava no período Paleolítico – e deu super certo. Oito anos depois chega aos cinemas a continuação: ‘Os Croods 2: Uma Nova Era’, uma mirabolante aventura super colorida com um plot bem louco que deve agradar crianças de todas as idades.

Depois que a família Crood concordou em “adotar” Guy (Ryan Reynolds, dublado no Brasil por Raphael Rossatto), Grug (Nicolas Cage, dublado por Hércules Franco) tem se sentido meio excluído, pois toda a família gosta das ideias de Guy, especialmente sua filha mais velha, Eep (Emma Stone, dublada por Luísa Palomanes), que parece estar gamadinha pelo jovem. Até que um dia, nas andanças atrás de comida, os Croods acabam encontrando um oásis no meio do deserto, onde vive a família de Bem (Peter Dinklage, dublado por Rodrigo Lombardi) e Esperança Bemelhor (Leslie Mann, dublada por Juliana Paes), pais de Aurora. O paraíso rapidamente se revela não ser tão perfeito assim quando a convivência entre os patriarcas das duas famílias mostra seus verdadeiros planos.



Baseado na história de Kirk DeMicco e Chris Sanders, o roteiro de ‘Os Croods 2’ é uma grande viagem – em todos os sentidos. Escrito por Kevin Hageman, Dan Hageman, Paul Fisher e Bob Logan, a história parte do ciúme paternal para chegar ao cerne do seu argumento: o embate entre o moderno e o antigo, que não necessariamente precisa ser excludente e podem conviver em harmonia.

Aproveite para assistir:



Para chegar no ápice de ‘Os Croods 2’, o roteiro literalmente inventa um monte de aventuras non-sense que certamente encantará a criançada e arrancará risadas do público mais adulto – afinal, são tantos os absurdos, que diverte. Rola até uma cena inteira inspirada no clássico passeio de Aladdin e Jasmine (além do visual das personagens Aurora e Esperança), só que aqui em vez de um passeio romântico é um rolê aventuresco entre duas amigas. Pensando no conceito de “filme para toda a família”, a continuação do sucesso da DreamWorks se concentrou bastante em agradar principalmente os pequenos, inserindo diversas piadas e elementos que remetem a outros sucessos do grupo NBC/Universal, como as bananas e ‘Os Minions’ – ainda que seu plot seja embasado num universo mais jovem adulto.

O que mais chama a atenção nesse filme é a evolução da técnica de animação do estúdio entre o primeiro e o segundo longa. Humanos e animais ganham texturas impressionantes nos detalhes dos cabelos e dos pelos – é quase como se conseguíssemos senti-los, e tem cena que dá para ver a veia exaltada no pescoço de Grug, como se ele nem fosse um desenho; a paleta de cores é bem demarcada nos três arcos, entre tons solares no início, para um mundo colorido no meio, culminando com a vibração neon que o final do longa pede, tudo sob a batuta da direção de arte de Richard Daskas.



Os Croods 2: Uma Nova Era’ abre um leque de possibilidades para essa franquia que ninguém deu nada por ela, mas que conquistou seu espaço. Apesar de demorar um pouco para mostrar a que veio, é uma continuação animada e que deixa um gostinho de quero mais.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE