E pensar que um dos melhores atores da atualidade quase foi integrante dos Backstreet Boys! O canadense Ryan Gosling nasceu em Ontario, filho de uma secretária e um operador de fábrica de papel. Ele começou sua carreira como um ator mirim no programa da Disney Channel, Clube do Mickey, aos treze anos, tendo superado 17 mil candidatos ao programa, onde trabalhou com outros artistas como Christina Aguilera, Britney Spears e Justin Timberlake. Após terminar a série embarcou para Los Angeles para tentar ser ator de cinema mas nem tudo foi fácil no início e ele já até teve que ser cantor de casamentos durante um tempo. Inclusive, durante esse período, um fato inusitado aconteceu, Ryan era vizinho de A.J. McLean e esse convidou nosso homenageado de hoje para ser integrante dos Backstreet Boys!! Será que ele se arrependeu de ter negado o convite de A.J?

Voltando seu foco para os filmes, conseguiu seu primeiro papel no longa-metragem Frankenstein – O Sonho não Acabou de Robert Tinnell em 1997. Mas começou a aparecer para público e crítica no elogiado Cálculo Mortal de Richard Haywood, dois anos mais tarde com O Diário de uma Paixão ele conseguiu a projeção que precisava para lutar por papéis em grandes produções. A partir desses projetos sua carreira decolou e no ano de 2006 conseguiu sua primeira indicação ao Oscar pelo seu papel no excelente filme Half Nelson. Assim, fez em sequência uma série de sucessos que emocionam nossos corações.

Para homenagear Ryan, no dia de seu aniversário, resolvemos indicar uma série de ótimos filmes dele:



 

Tudo pelo Poder

Aproveite para assistir:

A eterna disputa pela presidência americana entre Republicanos e Democratas é o tema central do longa-metragem dirigido por George Clooney, Tudo pelo Poder. A política toma conta de grande parte dessa história mas o filme é muito mais que isso. Ryan Gosling é Stephen Meyers um assessor de imprensa extremamente competente que integra a equipe de um dos candidatos à presidência americana. Tudo se encaminha para uma vitória até que, a partir de um fato novo, uma rede de intrigas e traições tomam conta do ambiente deixando Meyers com novas escolhas a serem tomadas.



 

La La Land – Cantando Estações

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos. Filme de abertura do Festival de Veneza, La La Land – Cantando Estações é um daqueles filmes que dificilmente sairão de nossa memória.  Falando sobre a magia de Hollywood, o impactante som do Jazz e principalmente sobre as inúmeras tentativas do ser humano em alcançar os seus sonhos mais lindos, o longa-metragem, que deve ser o grande vencedor do próximo Oscar, é uma aula em como fazer o público se divertir através do olhar de protagonistas (interpretados magistralmente por Ryan Gosling e Emma Stone) que louvam o amor. O jovem cineasta Damien Chazelle (do impressionante Whiplash) mais uma vez brinda os cinéfilos com uma pequena obra prima.

 

Blade Runner 2049



Ainda dentro do universo criado pelo visionário Philip K. Dick, chegou aos cinemas anos atrás o aguardado novo filme da franquia Blade Runner. Dessa vez, dirigido pelo canadense Denis Villeneuve (de Incêndios, A Chegada, Duna e outros belos filmes), avançamos cerca de três décadas em relação a linha do tempo contínua em relação ao primeiro longa-metragem e reencontramos um grande e velho personagem que cumpre com louvor, dessa vez, seu papel de coadjuvante nos intensos 167 minutos de projeção. Um dos grandes méritos do projeto é conseguir acordar uma história emblemática de décadas atrás e trazer novos elementos que se encaixaram como uma luva no universo futurístico criado. Tudo funciona muito bem na bela condução de Villeneuve que se consagra como um dos grandes cineastas dos nossos tempos.

 

Amor à Toda Prova

Nesse longa-metragem dos diretores Glenn Ficarra e John Requa, a comédia e a emoção andam lado a lado, como cúmplices, no bom sentido, para o delírio dos cinéfilos que gostam de um ótimo passatempo nos cinemas. O longa conta a história de um homem que descobre que foi traído por sua mulher e resolve aceitar os conselhos de um garanhão para se dar bem nas futura investidas românticas, ao mesmo tempo em que tem que lidar com os inúmeros problemas que seu divórcio impacta sua família.


 

Drive

O longa que tem como protagonista Ryan Gosling (que dá um show no filme) entrou em cartaz e rapidamente alcançou ótimas críticas e saudosos comentários do grande público na época de seu lançamento. Na trama, um jovem que é dublê, mecânico e à noite faz trabalhos como motorista de assaltos diversos, se aproxima de sua vizinha e começa a fazer parte de sua vida. Com a saída do marido da mesma da prisão, o personagem principal do drama tem que ajudar o rapaz (e ao mesmo tempo sua nova amiga) em um roubo que pode não sair como planejado, levando todas as consequências à um desfecho vingativo. Um trabalho excelente, que merece aplausos de pé.

 

Diário de uma Paixão

Figurinha carimbada em muitos corações de cinéfilos e cinéfilas espalhado pelo mundo, dirigido por Nick Cassavetes e baseado no livro homônimo de Nicholas Sparks, Diário de uma Paixão conta a saga romântica de um amor que precisou vencer muitos obstáculos, desde a época que os protagonistas se conheceram, durante a década de 40, até o presente na história. Um filme muito bonito que é sempre reprisado por algum canal de televisão.

 

A Garota Ideal

Um dos trabalhos mais fantásticos da carreira de Ryan Gosling, A Garota Ideal estreou no Festival de Toronto em 2007 e conta a incrível história de um homem tímido que se apaixona por uma boneca inflável, a família do jovem tentando entender a situação resolve embarcar na história com o auxílio de perto de um médico da família. Gosling está sensacional nesse filme que todos merecem assistir! Tem na Amazon Prime Video.

 

Namorados para Sempre

Um filme muito profundo que rasga nossos corações. Dirigido por Derek Cianfrance, o projeto conta a saga de dois jovens namorados que de alguma forma tentam reacender a chama do amor entre eles já que o relacionamento tem muitos altos e baixos ao longo do tempo. O roteiro é primoroso! Ryan e sua parceira de cena Michelle Williams foram indicados ao Oscar de Melhor Ator e Melhor Atriz por esse belo trabalho.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: