Na última semana, começamos um especial sobre filmes que foram lançados nos cinemas fora da ordem cronológica. Hoje, dando prosseguimento, trazemos uma lista com algumas das franquias mais bagunçadas de todos os tempos agora organizadas na ordem certinha para serem vistas sem deixar passar nenhum detalhe ou referência. Confira!

X-Men

Iniciada na virada do século, a franquia X-Men é um claro exemplo do que um planejamento confuso pode fazer com uma propriedade valiosíssima de um estúdio de renome. Parte fundamental no nascimento dos heróis nos cinemas, os dois primeiros longas dos mutantes foram sucesso de público e crítica. Porém, com o fracasso de X-Men: O Confronto Final (2006), a extinta FOX resolveu apostar num filme solo do Wolverine (Hugh Jackman), que bagunçou toda a cronologia da saga. Ele também foi mal e isso fez com que o estúdio apostasse num reboot da franquia, que voltaria a se conectar com a trilogia original no segundo filme da nova empreitada. Confuso, não é? Posteriormente, chegaria um mercenário que conseguiu dar um último respiro para os mutantes antes de serem comprados pela Disney. Quem quiser tentar acompanhar a franquia na ordem certa, basta assistir X-Men: Primeira Classe, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, X-Men Origens: Wolverine, X-Men: Apocalipse, X-Men: Fênix Negra, X-Men: O Filme, X-Men 2, X-Men: O Confronto Final, Wolverine Imortal, Deadpool, Deadpool 2Os Novos Mutantes e Logan.




Universo Cinematográfico Marvel

Aproveite para assistir:

Principal franquia da atualidade, o MCU ou Universo Cinematográfico Marvel simplesmente dominou as críticas e bilheterias da última década. Mobilizando bilhões de fãs pelo mundo e quebrando recorde atrás de recorde, a saga dos heróis da Marvel criou um universo compartilhado nas telonas sem precedentes. Mas nem mesmo a equipe do MCU, que é tão conhecida por sua organização e planejamento, conseguiu escapar dos lançamentos fora de cronologia. Os casos mais famosos são dos dois filmes dos Guardiões da Galáxia – que foram lançados com um intervalo de três anos, mas se passam em uma diferença de seis meses -, Capitã Marvel e Viúva Negra.  Entretanto, diferentemente de outros estúdios, a Marvel conseguiu justificar esses lançamentos atrasados de forma que agradasse aos fãs. Agora, com a chegada do Disney+, eles vão atrás de expandir seus domínios para o formato das séries. Quem quiser ver na ordem certinha, deve assistir: Capitão América: O Primeiro Vingador, Capitã Marvel, Homem de Ferro, O Incrível Hulk, Homem de Ferro 2, Thor, Os Vingadores, Homem de Ferro 3, Thor: O Mundo Sombrio, Capitão América: O Soldado Invernal, Guardiões da Galáxia, Guardiões da Galáxia Vol.2, Vingadores: A Era de Ultron, Homem-Formiga, Capitão América: Guerra Civil, Viúva Negra, Doutor Estranho, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, Pantera Negra, Thor: Ragnarok, Vingadores: Guerra Infinita,Homem-Formiga e a Vespa, Vingadores: Ultimato, Loki, WandaVision, Homem-Aranha: Longe de Casa e Falcão e o Soldado Invernal.


DC



Depois de muitos anos fazendo sucesso com filmes solo, a DC, vendo o sucesso da rival nos cinemas, resolveu apostar no seu próprio universo cinematográfico compartilhado. No entanto, algumas patinadas no início e a falta de confiança nos próprios personagens fizeram com que as conexões se estremecessem, e a Warner acabou optando por lançar filmes no mesmo universo, mas que não interagem tanto assim para culminar em um filme evento. Ame ou odeie, a DC vem acertando bastante nos últimos anos e agora com a adição de James Gunn no projeto, parece que vai se acertar. A ordem cronológica para conferir os filmes é: Mulher-Maravilha, Mulher-Maravilha 1984, O Homem de Aço, Batman Vs Superman: A Origem da Justiça, Esquadrão Suicida, Liga da Justiça, Aquaman, Shazam, Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa e O Esquadrão Suicida.


Indiana Jones

Responsável por redefinir o gênero da aventura nos cinemas, a franquia Indiana Jones é uma das mais celebradas da história. Além dos quatro filmes, a saga também contou com uma série prequel sobre a infância do personagem que consagrou Harrison Ford. Curiosamente, o primeiro filme lançado se passa depois do segundo. Isso porque Steven Spielberg não queria utilizar os nazistas como os grandes vilões da história uma segunda vez. A saída encontrada foi colocar o segundo filme para antes dos eventos vistos na aventura original. Então, a ordem cronológica correta da saga é: As Aventuras do Jovem Indiana Jones, Indiana Jones e o Templo da Perdição, Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida, Indiana Jones e a Última Cruzada e Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal.


Star Wars



A obra máxima de George Lucas é uma grande bagunça idolatrada por bilhões de fãs pelo mundo, quiçá pela galáxia. Na verdade, essa história de criar universos foram da ordem cronológica se populariza com essa série de filmes. Lançada na década de 1970 sob forte desconfiança dos estúdios e produtores, a saga da família Skywalker encantou diferentes gerações e segue como uma das franquias mais lucrativas de todos os tempos. Conforme os anos vão passando, novas produções ambientadas em diferentes “eras” dessa galáxia muito, muito distante são lançadas. Agora, com a Disney sendo detentora dos direitos, diversas produções explorando o que aconteceu entre os filmes serão lançadas. Logo, quem quiser assistir às produções em live action deste universo na ordem correta, deverá ver: Episódio I: A Ameaça Fantasma, Episódio II: Ataque dos Clones, Episódio III: A Vingança dos Sith, Han Solo: Uma História Star Wars, Rogue One: Uma História Star Wars, Star Wars ou Episódio IV: Uma Nova Esperança, Episódio V: O Império Contra-Ataca, Episódio VI: O Retorno de Jedi, The Mandalorian, Episódio VII: O Despertar da Força, Episódio VIII: Os Últimos Jedi e Episódio IX: A Ascensão Skywalker.

Comentários

Não deixe de assistir: