sábado, julho 20, 2024

Diretor de ‘Ursinho Pooh: Sangue e Mel’ REBATE críticas e revela desejo de franquia

O cineasta Rhys Frake-Waterfield, reconhecido por seu trabalho em ‘Ursinho Pooh: Sangue e Mel’, recentemente compartilhou suas reflexões sobre as críticas que o filme recebeu, após ter alcançado uma pontuação de apenas 3% no Rotten Tomatoes.

Além disso, ele aproveitou para revelar seus planos de transformar o longa em uma saga completa, adaptando os clássicos da Disney em filmes de terror.

Durante uma entrevista ao Games Radar+, Frake-Waterfield respondeu as criticas que recebeu:

“É realmente estranho para mim. Para ser honesto, você precisa ter uma pele realmente espessa para ser um cineasta, pois é fortemente criticado, independentemente dos meios e recursos que você tem à disposição.”

Vale ressaltar que ‘Ursinho Pooh: Sangue e Mel’ foi produzido com um orçamento modesto de apenas US$100 mil e foi filmado em um curto período de 10 dias.

Frake-Waterfield explicou: “Quando seu filme está lá fora dessa forma, ele é diretamente comparado aos filmes da Marvel, mesmo que você tenha apenas 0,01% do orçamento deles. Provavelmente, não tínhamos sequer o orçamento de catering deles!”

O diretor continuou: “São produções substancialmente diferentes. No entanto, devido à notoriedade que Pooh adquiriu, muitos críticos fizeram comparações quase diretas.”

O cineasta também compartilhou seus planos de expandir ‘Ursinho Pooh: Sangue e Mel’ para uma verdadeira saga.

“Precisamos avaliar a receptividade do público, mas poderíamos ir além, como um crossover entre Bambi e Winnie the Pooh”, provocou Frake-Waterfield. “Isso poderia ser extremamente inusitado. Preciso refletir sobre o quão longe queremos levar isso! Imaginem só, Winnie cavalgando Bambi!”.

Não deixe de assistir:

Além da aguardada sequência ‘Ursinho Pooh: Sangue e Mel 2’, o estúdio já anunciou uma versão de terror do clássico ‘Pinóquio’.

Lembrando que ‘Ursinho Pooh: Sangue e Mel 2‘ ganhou o primeiro trailer sangrento.

Confira, legendado:

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o diretor Rhys Frake-Waterfield prometeu que a continuação será muito superior ao longa original.

O cineasta revelou ter investido muito mais dinheiro no design dos assassinos, que terão uma aparência mais profissional e assustadora.

Confira a imagem com o novo visual do Pooh:

“Esta sequência é superior ao original em todos os aspectos. Nós começamos a desenvolver a continuação sabendo exatamente a escala que podíamos alcançar, diferente do que aconteceu durante as filmagens do primeiro filme. Para a sequência, sabíamos que o visual das criaturas seria muito importante. No longa original, nós montamos o visual dos antagonistas apenas com máscaras que compramos online, luvas de limpeza e uma camisa quadriculada da Amazon. A criação total do visual custou cerca de US$ 770. Desta vez, nós vamos usar prostéticos. Uma companhia que já trabalhou em produções como ‘Harry Potter’ e ‘Star Wars’ ficou responsável por recriar o design dos assassinos. O Ursinho Pooh ficou assustador.”

Ele completa, “O novo trabalho de maquiagem e prostéticos dos assassinos custou em torno de US$ 20 mil. É uma grande diferença. Mas o investimento valerá a pena porque os antagonistas são a peça central do filme. É por isso que os espectadores irão conferir um filme de terror. Em termos de custos, eu diria que a maquiagem da sequência custou cerca de 10 a 15 vezes mais do que no longa original.”

Em entrevista exclusiva ao CinePOP, o diretor também revelou que o Ursinho Pooh usará uma motosserra no melhor estilo ‘O Massacre da Serra Elétrica‘.

Confira:

A trama mostra Pooh e Leitão como vilões famintos depois que Christopher Robin vai para a faculdade e não tem mais tempo de cuidar deles.  Quando a vida dos personagens se torna difícil, eles precisam se virar sozinhos e acabam se voltando às suas raízes animalescas. Eles não são mais bonzinhos, são um urso implacável e um porco que querem sair por aí em busca de presas.

Orçado em apenas US$ 100 mil, já arrecadou US$ 4 milhões através das regiões em que foi lançado pelo mundo.

E aí, você pretende assistir?

Repleto de violência e sangue, o terror recebeu a classificação indicativa 18 anos no Brasil.

 

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS