Em uma recente entrevista ao InStyle, a atriz Gal Gadot (‘Mulher-Maravilha’), que participará do controverso projeto Cleópatra, revelou alguns detalhes sobre o longa-metragem e comentou que a produção irá apresentar um novo lado da poderosa personagem-titular, faraó e rainha do Antigo Egito.

“Não posso revelar muito, mas posso dizer que iremos celebrar a história de Cleópatra, ela contou.

Gadot continua: “iremos mostrar não apenas o quão sexy e envolventes ela era, mas o quão estratégica e inteligente, e quanto impacto causou e ainda causa no mundo em que vivemos hoje”.

O projeto já se tornou controverso desde os primeiros estágios de produção, sendo criticado pelos internautas por promover whitewashing de Cleópatra ao escalar uma atriz não-egípcia. Entretanto, alguns fãs comentaram que a rainha tinha ascendência grega e que, na verdade, ela tinha traços mais caucasianos.



Lembrando que Patty Jenkins, outrora atada ao longa-metragem, deixou a cadeira de direção em virtude de conflitos de agenda, e atuará apenas como uma das produtoras executivas.

Kari Skogland, que recentemente dirigiu a série ‘Falcão e o Soldado Invernal‘, substitui Jenkins na direção.

Aproveite para assistir:

A Paramount Pictures venceu a disputa pelo projeto que também estava na mira da Netflix, Warner Bros. e Apple TV+ .

Ainda sem título oficial, o longa é descrito como um drama histórico, político e sangrento, contado através de uma perspectiva feminista.



O longa de 1963 entrou para a história como uma das produções mais elogiadas de Hollywood e quase causou a falência da 20th Century Fox, tudo por conta do cachê de US$ 1 milhão exigido por Elizabeth Taylor para estrelar o longa.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: