Desde abril, o julgamento envolvendo Johhny Depp e Amber Heard está sendo transmitido online, enquanto diversas reviravoltas trazem novas respostas sobre a polêmica.

Para quem não sabe, Depp está processando a ex-esposa em US$ 50 milhões por difamação.

Segundo ele, Heard fez falsas acusações de abuso doméstico contra ele, o que prejudicou sua carreira. No entanto, Heard também está processando Depp por difamação, cobrando uma indenização de US$ 100 milhões.

No mais recente capítulo do julgamento, uma mulher que se diz amiga da irmã de Heard, Whitney Henriquez, afirma que Henriquez disse a ela que Heard bateu em Depp e temia que a irmã pudesse matá-lo.


Henriquez já havia sido mencionada por Heard em depoimento, quando a atriz afirmou que a única vez que agrediu Depp foi quando ele estava prestes a dar um soco em sua irmã e interveio para defendê-la.

Aproveite para assistir:



No entanto, um comunicado apresentado ao tribunal por Jennifer Howell, que se descreve como ‘amiga-irmã’ de Henriquez relata o contrário.

Com base no que Howell disse, Henriquez confessou a ela que estava tentanto impedir que Heard atacasse Depp.

Em seu depoimento, Howell diz o seguinte:


Whitney me disse que tentou impedir que sua irmã Amber batesse e atacasse Johnny nas escadas. Whitney disse que quando ela tentou intervir para impedir Amber de ir atrás de Johnny, Amber quase empurrou Whitney escada abaixo. Ela me disse que temia que Amber ‘matasse Johnny‘. Ela me disse que sofreu esse tipo de abuso a vida toda, primeiro de seu pai e depois de Amber, a quem ela define como uma pessoa extremamente violenta.”

Ela continua, dizendo que Henriquez foi morar com ela durante um tempo porque sentia muito medo de morar com o pai ou com Heard.

O depoimento foi divulgado online por Angenette Levy, apresentadora do canal judiciário que exibe o julgamento.

Confira:


A amizade de Henriquez com Howell foi trazida à tona depois que a equipe de advogados de Depp descobriu que Henriquez já havia testemunhado em 2020, dando uma versão a favor da irmã.

Na ocasião, ela disse que viu Heard com hematomas, lábios cortados e marcas de arranhões nas costas em 2013, época em que Heard e Depp ainda estavam juntos.

Alguns amigos de Heard também testemunharam que viram ferimentos em seu rosto enquanto o casal permanecia junto.

Por outro lado, Depp afirma exatamente o contrário: que ele é quem foi vítima de abusos por parte de Heard.

Enquanto o julgamento continua, novos detalhes sobre os projetos de ambos os atores acabam sendo revelados.


Dessa vez, Heard testemunhou que seu papel como Mera foi drasticamente reduzido na sequência ‘Aquaman 2‘ (Aquaman and the Lost Kingdom) – confirmando os rumores anteriormente divulgados.

“Eu tive que lutar para permanecer no filme. Eles não queriam me incluir no filme. […] Eu acabei em uma versão bem reduzida daquele papel.”

Ela completa, “Eu recebi um roteiro, então novas versões dele em que todas as minhas cenas de ação haviam sido removidas. Sem entregar spoilers, seria uma luta entre a minha personagem e um outro personagem. Eles basicamente tiraram diversas cenas da minha personagem. Eles removeram diversas cenas.”

Vale lembrar que o abaixo-assinado pedindo a demissão da Amber Heard na sequência ‘Aquaman 2‘ já ultrapassou 4 milhões de assinaturas.

Em parte do texto, o criador do documento diz o seguinte:

Amber Heard foi exposta como agressora doméstica por Johnny Depp. No processo, Johnny descreve vários incidentes que ele sofreu nas mãos de sua (então) esposa, incluindo socos que levou no rosto e uma vez em que ela quebrou seu dedo com uma garrafa de vodka. Inclusive, o dedo foi recolocado no lugar cirurgicamente. Ele vai carregar essas cicatrizes para o resto da vida.”


Na CinemaCon, foi confirmado que Heard continua presente na franquia ‘Aquaman‘.

Confira:

“O diretor James Wan traz uma prévia de ‘Aquaman e o Reino Perdido’ para o público da Cinemacon.”


Amber Heard aparece por cerca de 0,5 segundo nas filmagens de ‘Aquaman e Reino Perdido’ que a Warner Bros provocou em seu painel #CinemaCon.”

Lembrando que ‘Aquaman e o Reino Perdido‘ foi adiado de dezembro deste ano para 17 de março de 2023.


 

 

Não deixe de assistir: