A chocante morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, baleada acidentalmente por Alec Baldwin nos bastidores de ‘Rust’, reacendeu as lembranças sobre a morte de Brandon Lee, astro de ‘O Corvo‘.

No caso de Hutchins, ela foi atingida por um projétil disparado por Baldwin, que acreditava portar uma arma carregada com balas de festim durante as gravações de um tiroteio.

A cineasta não resistiu aos ferimentos depois de ser levada para o hospital da Universidade do Novo México, falecendo aos 42 anos.

Para quem não sabe, Lee morreu de forma semelhante em 1993 depois de ser atingido no peito por uma única munição de chumbo disparada pela arma usada pelo ator Michael Massee nas gravações deO Corvo’.



Por uma falha da produção, a arma havia sido carregada com munição real, e a pólvora do festim fez com que o projétil que estava preso no cano fosse acidentalmente liberado, perfurando o torso de Lee.

O acidente aconteceu apenas oito dias antes do filme ter sido concluído e é comentado até hoje, tornando-se alvo de várias teorias da conspiração, incluindo um possível assassinato, mas nada foi comprovado oficialmente.

Aproveite para assistir:

O mais curioso é que a trama de ‘O Corvo’ acompanha o personagem Eric Draven (Lee) sendo ressuscitado um ano depois que ele e sua noiva foram assassinados, com o espírito sobrenatural de um corvo permitindo que ele se vingasse daqueles que causaram suas mortes.

Em relação a ‘Rust‘, vale lembrar que o roteirista e diretor Joel Souza também foi atingido por Baldwin, mas já recebeu alta do Centro Médico Regional Christus St. Vincent, localizado em Santa Fé, no Novo México.



A informação foi divulgada pela atriz Frances Fisher, que também compõe o elenco.

Em seu perfil do Twitter, ela compartilhou a notícia sobre o tiroteio e disse que o próprio Joel conversou com ela.

Por enquanto, ainda não há muitos detalhes sobre a liberação do diretor, mas é possível que ele dê algumas declarações sobre o ocorrido assim que estiver recuperado do choque.

Confira a publicação de Fisher:

“O diretor Joel Souza me disse que já recebeu alta do hospital.”

Através de um comunicado, as autoridades responsáveis pelo caso detalharam o corrido:



“O gabinete do xerife confirma que dois indivíduos foram baleados nas filmagens de Rust. Halyna Hutchins, 42, diretora de fotografia, e Joel Souza, 48, diretor, foram baleados quando uma arma foi disparada por Alec Baldwin, 63, produtor e ator. A Sra. Hutchins foi transportada, de helicóptero, para o Hospital da Universidade do Novo México onde ela foi declarada morta pela equipe médica. O Sr. Souza foi transportado de ambulância para o Centro Médico Regional Christus St. Vincent, onde está fazendo tratamento para seus ferimentos. Esta investigação permanece aberta e ativa. Nenhuma acusação foi registrada em relação a este incidente. As testemunhas continuam a ser entrevistadas por detetives.”

Na trama de ‘Rust‘, Baldwin vive o bandido titular Harland Rust, cujo neto de 13 anos foi condenado por um assassinato acidental. O filme segue a tentativa de ‘Rust‘ de tirar seu neto da prisão.

Os detetives continuam entrevistando testemunhas.


Não deixe de assistir: