O escocês Gerard Butler é muito conhecido do público brasileiro, muitas de suas produções chegaram por aqui e foram exibidas não só pelos cinemas mas também na Tv Aberta. Ele começou bem tarde na profissão. O ator estudou Direito na Universidade de Glasgow e estagiou durante dois anos em uma gigantesca firma de advocacia. Mas ele não era nada feliz e quando foi demitido resolveu ir atrás do seu verdadeiro sonho: ser ator! Antes porém, foi até cantor em uma banda de rock mas que não foi pra frente.

Ele começou nos palcos britânicos em adaptações marcantes, sendo muito elogiado em uma delas, Coriolano de William Shakespeare (que depois virou até filme com o próprio Gerard em um dos papéis principais). Nos cinemas, teve sua primeira oportunidade no longa-metragem de 1997, Sua Majestade, Mrs. Brown, dirigido por John Madden. A partir desse filme, Gerard rumou à fama e grandes produções tendo marcantes presenças em diversos filmes de ação e comédias românticas.

Para indicar alguns filmes interessantes da carreira do ator, resolvemos fazer uma pequena lista:



 

Redenção

Aproveite para assistir:

Após um começo pouco atraente (que aos poucos vai melhorando), o trabalho do diretor Marc Forster responde (ou tenta responder) a seguinte pergunta: A fé pode modificar um caminho? Com direito a reviravoltas, furacões e muitos pecados, Redenção engloba o poder da fé na construção de uma vida melhor a um povo que precisa, através das mãos de um homem. A maneira como se chega a essa ‘melhoria’ é o grande ponto de análise do filme estrelado pelo ator escocês Gerard Butler.



 

Um Homem de Família

Debutando em longas metragens como diretor, o produtor e roteirista (criador do sucesso da Netflix, Ozark) Mark Williams traz para a telona um retrato de uma família que tem um pai distante por conta de sua vida workaholic. Analisando a história pelos limites do ser humano, ótimos debates podem ser construídos. A falta de ética de Dean no trabalho, suas falhas como pai, a luta interna entre o poder e a família.

 

Destruição Final: O Último Refúgio



A sobrevivência humana nos fazem ter e ver atitudes nada agradáveis. Dirigido pelo cineasta Ric Roman Waugh (do competente Sem Perdão), com roteiro assinado por Chris Sparling, Destruição Final: O Último Refúgio, ou Greenland no original, é um filme que de certo modo surpreende por focar no drama e a ação ser somente um pretexto para uma análise sobre relações humanas. Óbvio que tem clichês (quase todo blockbuster praticamente tem) mas há uma força nas linhas do roteiro que se fortalecem dentro das escolhas dos personagens. Há um princípio de darwinismo bastante interessante para refletirmos.

 

Um Bom Partido

Como amadurecer sem deixar de viver? O cineasta italiano Gabriele Muccino (À Procura da Felicidade) volta ao seu gênero preferido, drama, para falar sobre a busca de redenção de um pai que abandonara a família por conta de imaturidade. Somos levados à conflitos emocionais e aventuras amorosas (um pouco forçadas, é verdade) que ajudam a contextualizar essa boa comédia romântica.


 

Coriolano

Será que a bravura e a vingança podem andar lado a lado? A estreia do veterano ator Ralph Fiennes na direção de um longa-metragem, Coriolano, é uma produção muito interessante que mostra as entrelinhas da guerra com bastante intensidade e sangue. Rodado em grande parte em Belgrado (Sérvia) é um filme que os amantes de longas de guerra ficarão com vontade de ver.

 

Querido Frankie

O simpático filme Querido Frankie, dirigido pela cineasta britânica Shona Auerbach é um filme que fala sobre uma família onde a mãe inventa histórias sobre o verdadeiro pai do filho e acaba que o destino apronta a partir das inconsequências das mentiras. O filme foi exibido na Mostra de SP e indicado em uma categoria ao BAFTA. Um filme pouco conhecido de Butler mas que vale a pena conferir.

 

P.S. Eu Te Amo

Um dos filmes de maior sucesso por aqui da carreira de Butler, P.S. Eu Te Amo nos mostra a saga de uma recém viúva que precisa seguir em frente com sua vida quando o grande amor da vida dela deixa uma série de cartas para ajudá-la nessa fase tão difícil da vida. Filme muito emocionante, bom ter um lenço por perto quando for assistir.

 

300

Dirigido por Zack Snyder, baseado na HQ de Frank Miller e Lynn Varley, 300 é visualmente fascinante. Mostrando um recorte da Batalha das Termópilas, a Segunda Guerra Médica entre uma aliança pelo rei de Esparta Leônidas e o Império Aquemênida de Xerxes, o filme é pura adrenalina. Butler interpreta Leônidas.

 

 

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: