Os Filmes Mais Esperados de Maio 2018

Os Filmes Mais Esperados de Maio 2018


A verdade é que ainda estamos recuperando o fôlego do mês de abril. O quarto mês do ano trouxe nada menos do que o maior filme de 2018, e ele chegou devastando há pouquíssimos dias (a estreia foi na última quinta). É claro que estamos falando de Vingadores: Guerra Infinita, da Marvel.

Antes disso, no entanto, abril nos presenteou com o fenômeno Um Lugar Silencioso. Houve espaço também para o blockbuster Rampage: Destruição Total; para o nacional elogiado Aos Teus Olhos; e para o filme amorzinho do ano, Com Amor, Simon. Ou seja, com um mês movimentado como foi o último, maio precisará se esforçar para superá-lo. Será que consegue? Bem, o quinto mês traz suspense, terror e muitos filmes nacionais, tudo encabeçado pelos carros chefe de dois mercenários muito queridos do cinema: Deadpool e Han Solo. Sem mais delongas, vamos aos grandes lançamentos do mês.

03/05

Verdade ou Desafio

Mais um terror da Blumhouse aporta nos cinemas nacionais. Depois do sucesso estrondoso do “terrir” A Morte te dá Parabéns, a produtora aposta novamente num thriller jovem, que aumenta como nunca antes as apostas do inocente jogo verdade ou consequência. A intenção aqui é impulsionar a carreira da menina Lucy Hale, saída da série Pretty Little Liers, assim como fez com Jessica Rothe (do filme citado).



Gringo – Vivo ou Morto

Preste atenção neste elenco, pois você não precisará de muito mais. Charlize Theron, David Oyelowo, Joel Edgerton, Thandie Newton, Amanda Seyfried e até mesmo Paris Jackson -  sim, a filha do rei do pop Michael Jackson (desabrochando em uma linda mulher). A trama desta comédia de ação criminal envolve um funcionário de uma grande empresa (Oyelowo) viajando até o México para negócios, quando as coisas saem terrivelmente errado. Charlize Theron como a loira fria e calculista: sim, por favor!

Teu Mundo Não Cabe nos Meus Olhos

Produção nacional, protagonizada pelo veterano Edson Celulari em nova fase de sua carreira. Aqui, o ator se arrisca num papel delicado, de um deficiente visual, a fim de enumerar os problemas sociais do dia a dia de pessoas assim. Completando o elenco, a argentina Soledad Villamil, estrela do cult vencedor do Oscar, O Segredo dos Seus Olhos (2009).

Os Fantasmas de Ismael

Um dos filmes mais renomados da edição 2017 do Festival de Cannes, a obra do cineasta francês Arnaud Desplechin traz um embate de grandes atuações entre um quinteto de nomes que são alguns dos mais proeminentes da atualidade no cinema mundial. Em cena, Marion Cotillard, Charlotte Gainsbourg, Mathieu Amalric, Louis Garrel e Alba Rohrwacher. A trama apresenta um cineasta precisando lidar com a volta de sua ex-companheira problemática, justamente quando está prestes a iniciar sua nova produção.

10/05

A Noite do Jogo

À primeira vista, esta parece ser mais uma comédia escrachada rotineira protagonizada por Jason Bateman. O primeiro indício de mudança de concepção é a presença da sempre ótima Rachel McAdams, que ultimamente tem escolhido seus projetos com muito cuidado. O segundo, é o abraço que o filme recebeu da imprensa internacional, com uma aprovação de mais de 80% dos críticos. Sim, esta ainda é uma comédia incorreta, mas aparentemente uma com muita graça e qualidade. Na trama, um grupo de amigos começa a perceber que seu costumeiro jogo semanal acaba de se tornar real e perigoso.

Desejo de Matar

Agora podemos dizer que Bruce Willis é o Duro de Matar e tem Desejo de Matar. Piadinhas infames de lado, trata-se da refilmagem do clássico de 1974, protagonizado pelo icônico Charles Bronson, que gerou quatro continuações até 1994. Desta vez, é o “destelhado” Bruce Willis quem assume o manto de Paul Kersey, médico que precisa lidar com uma grande tragédia na família relacionada à criminalidade. Então, o uma vez pacato sujeito decide se armar para fazer justiça com as próprias mãos. Quem comanda tudo é o “carniceiro” Eli Roth, mais acostumado a dirigir filmes de terror gore, vide O Albergue (2006).

17/05

Deadpool 2

Pois é, amiguinhos. Se abril teve Guerra Infinita, este mês temos Deadpool 2. A continuação de um dos maiores sucessos de 2016 teve sim seus problemas de bastidores, como troca de direção, refilmagens e ajustes no roteiro. Tudo bem, normal. O maior desafio, no entanto, é lidar com uma trama mais complexa, recheada de personagens e um orçamento maior sem perder sua essência. Se depender dos trailers, as risadas estão garantidas (sim, estamos falando de você Peter, o melhor personagem desde já). Junte a isso, o girl power de Dominó (Zazie Beetz) e a ameaça de Cable (Josh Brolin) e podemos ter em mãos um sucesso tão devastador ou ainda maior que o primeiro. E que venham mais filmes do mercenário tagarela.

Tungstênio

Essa produção nacional poderia passar despercebida, não fosse pela presença do diretor por trás dela. Estamos falando de Heitor Dhalia, responsável por um dos melhores longas do cinema nacional nos últimos anos, o estranhamente hilário O Cheiro do Ralo (2006). Além disso, o cineasta já trabalhou na gringa com o suspense 12 Horas (2012) e entregou o chamativo Serra Pelada (2013). Agora, Dhalia volta num suspense dramático, entrelaçando quatro histórias em sua narrativa, envolvendo um policial, sua mulher, um traficante e um ex-militar. Todas, rodeando o crime ambiental da pesca com explosivos em Salvador, Bahia.

24/05

Han Solo – Uma História Star Wars

Deapool 2 não é o único blockbuster a emplacar nas salas de cinema no mês de maio. Ao lado do herói tagarela da Marvel/Fox, que deve render rios de dinheiro em bilheteria, chega outro mercenário sem muitos escrúpulos, este mais clássico e vindo de uma galáxia muito, muito distante. O ano era 1977, quando Han Solo, na pele de Harrison Ford aparecia pela primeira vez no cinema. Depois de dois filmes, e levariam mais de trinta anos até o personagem retornar para nossas vidas, já na terceira idade em O Despertar da Força. Bem, todos nós sabemos como acabou aquele filme. Agora a ideia é contar os primórdios do jovem Solo, interpretado por Alden Ehrenreich. Esperem aparições de Chewbacca e Lando Calrissian. Será nostalgia pura.

Tully

A última vez que o trio Charlize Theron, Jason Reitman e Diablo Cody se uniu, o resultado foi o drama Jovens Adultos (2011), obra que dividiu opiniões com seu teor politicamente incorreto. O fato é, Cody tem seu Oscar por Juno (2007), Reitman tem quatro indicações e Theron também possui sua estatueta em casa. Isso que é um grupo de artistas de prestígio. Aqui, Theron ganha sobrepeso para viver uma mãe de três crianças desesperada, ganhando a muito bem vinda ajuda de sua nova babá. A promissora Mackenzie Davis vive a babá e personagem título. Repararam que teremos dois filmes com Charlize Theron em maio? Bem que todos os meses podiam ser assim!

Alguém Como Eu

Pulando de uma comédia dramática norte-americana para uma comédia nacional, Paolla Oliveira interpreta uma mulher bem sucedida em viagem para Portugal, onde conhece sua alma gêmea, papel de Ricardo Pereira. Da noite para o dia, após um pedido para Deus, de que seu companheiro fosse mais parecido com ela, a protagonista começa a vê-lo como uma mulher. Muitas das comédias nacionais parecem apenas uma desculpa para os atores e equipe saírem em viagem para outro país. Este é o tipo de roteiro que se fazia muito na década de 1980 em Hollywood.

Berenice Procura

Exibido em outubro passado, durante o Festival do Rio, este suspense nacional é estrelado por Cláudia Abreu, vivendo a personagem título. Na trama, Berenice é uma motorista de táxi, convivendo com o machismo do marido e as descobertas sexuais do filho. Quando uma transgênero é assassinada na praia de Copacabana, a protagonista começa sua própria investigação do caso.

Antes que Eu Me Esqueça

E os filmes nacionais continuam a chegar aos cinemas do país no mês de maio. Essa é uma comédia dramática estrelada por José de Abreu, no papel de Polidoro, um juiz aposentado, de 80 anos, que resolve abrir mão da estabilidade de sua vida pacata para se tornar dono de um clube de strip.

Colheita Amarga

Só existe um motivo para este drama de época estar em nossa lista, e ele se chama Samantha Barks. Desde que abrilhantou com seu talento musical o filme Os Miseráveis (2012), a jovem britânica entrou em nosso subconsciente, sem jamais abandoná-lo. Ficamos ansiosamente aguardando a próxima oportunidade da bela nos cinemas, que foi a melhor coisa daquele musical vencedor de prêmios. Agora chega esta chance. Aqui temos um clássico conto de amor proibido, durante a era de Stalin, passado na Ucrânia da década de 1930.

31/05

Os Estranhos – Caçada Noturna

Faz mais de dez anos que o terror Os Estranhos original foi lançado. Típico thriller pesado de invasão domiciliar, o longa era estrelado por Liv Tyler. A filha do roqueiro da banda Aerosmith, no entanto, passou bem longe desta sequência tardia, que agora traz os mesmos três psicopatas mascarados aterrorizando um camping de trailers. A protagonista da vez é a voluptuosa Christina Hendricks, da série Mad Men.

Não se Aceitam Devoluções

No cinema, na arte e na vida, nada se cria, tudo se copia. Pensando nesta máxima, chega a mais nova comédia brasileira encabeçada pelo rei do gênero nas telonas: Leandro Hassum. O filme é baseado no homônimo mexicano de 2013, protagonizado por Eugenio Derbez. No nacional, já em sua nova forma física, Hassum é obrigado a criar uma criança depois de um grande mal entendido. Por seus últimos programas televisivos, o humorista tem se especializado neste tipo de papel, o do pai deslocado.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c