‘Pantera Negra 2’: Diretor confessa que quase DESISTIU do cinema após morte de Chadwick Boseman

Ryan Coogler, o diretor dos dois filmes do ‘Pantera Negra‘, revelou como quase desistiu da carreira no cinema após a morte de Chadwick Boseman, com quem trabalhou no primeiro filme do herói.

Lembrando que Boseman morreu no dia 28 de agosto de 2020 após batalha contra um câncer de cólon.

“Eu estava em um ponto no qual pensei: ‘Estou me afastando desse negócio. Eu não sabia se poderia fazer outro filme de época [ou] outro do Pantera Negra, porque doeu muito. Eu fiquei tipo: ‘Cara, como eu poderia me abrir para me sentir assim de novo?'”, afirmou Coogler durante entrevista à Entertainment Weekly.

Coogler explicou como passou semanas revendo imagens de si mesmo no set com Chadwick Boseman, porque o considerava uma peça importante no processo criativo de um filme: “Eu estava debruçado sobre muitas conversas que tivemos, sobre o que percebi ser o fim da vida dele. Decidi que fazia mais sentido continuar”.

Lembrando que ‘Pantera Negra: Wakanda para Sempre‘ chega aos cinemas em 10 de novembro

A sequência também conta com Letitia Wright, Angela Bassett, Lupita Nyong’o, Dominique Thorne, Winston Duke, Martin Freeman, Danai Gurira e Michaela Coel.

Confira o trailer e a sinopse:

Não deixe de assistir:

“Em ‘Pantera Negra: Wakanda Para Sempre‘, a Rainha Ramonda (Angela Bassett), Shuri (Letitia Wright), M’Baku (Winston Duke), Okoye (Danai Gurira) e as Dora Milaje (incluindo Florence Kasumba), lutam para proteger sua nação dos poderes intervenientes do mundo após a morte do Rei T’Challa. Enquanto os Wakandanos esforçam-se para abraçar seu próximo capítulo, os heróis devem se unir com a ajuda de Nakia (Lupita Nyong’o) e Everett Ross (Martin Freeman) para forjar um novo caminho para o Reino de Wakanda. Introduzindo Tenoch Huerta como Namor, rei de uma nação submarina secreta, o filme também traz Dominique Thorne, Michaela Coel, Mabel Cadena e Alex Livanalli.

O primeiro ‘Pantera Negra’ foi lançado em 2018 e fez um estrondo gigantesco na bilheteria, arrecadando mais de US$1,3 bilhão de dólares mundialmente. Além disso, tornou-se o primeiro filme de super-heróis a ser indicado a Melhor Filme no Oscar.

Mais notícias...

Wilker Medeiroshttps://www.youtube.com/imersaocultural
Wilker Medeiros, com passagem pela área de jornalismo, atuou em portais e podcasts como editor e crítico de cinema. Formou-se em cursos de Fotografia e Iluminação, Teoria, Linguagem e Crítica Cinematográfica, Forma e Estilo do Cinema. Sempre foi apaixonado pela sétima arte e é um consumidor voraz de cultura pop.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS