A aclama série terror ‘Chucky‘, baseada na icônica franquia ‘Brinquedo Assassino‘, estreia no Brasil na próxima semana e os fãs do gênero e do temido boneco poderão esperar uma produção bem original e diferente, conforme revelou Don Mancini, criador da saga cinematográfica e do novo projeto.

Segundo ele, ainda que a vindoura série preserve a essência da saga cinematográfica, a trama trará alguns elementos e diferenciados, como sua estética outonal glamourosa.

Durante a turnê de imprensa da NBCU – na qual o CinePOP foi um dos grandes convidados -, o criador revelou que a 1ª temporada irá explorar o contexto de Halloween, algo jamais trazido para os filmes originais.

“Bem, no que diz respeito ao visual da série, é muito importante para mim e tento ter uma estética diferente predominante para cada filme. E agora, para esta temporada da série de TV, uma das coisas que realmente me empolgou foi apresentar Chucky no Halloween, porque nunca tínhamos feito isso antes, e os fãs já tiveram um vislumbre disso nos trailers que foram lançados. Eu realmente queria criar uma espécie de look outonal luxuoso e glamouroso com folhagens de outono, e isso se tornou o princípio estético central, um outono glamouroso”.



Mancini foi ainda mais longe e revelou que o aclamado cineasta Brian de Palma se tornou uma das grandes inspirações na criação da estética da série. Além disso, ele revelou quais foram os principais desafios de criar um ambiente de outono em meio ao verão – período em que a série foi gravada.

Aproveite para assistir:

“Houveram certos desafios para a série, porque nós a filmamos durante a primavera e o verão. Então, uma das coisas que o Departamento de Arte teve à nossa disposição foram basicamente caminhões carregados de folhas de outono artificiais, mas muito reais – na verdade, melhores do que as reais -, que simplesmente espalhamos pelo chão, sempre que gravávamos cenas externas. Então, entre isso e algumas filmagens de drones realmente lindas que pudemos obter no outono passado, feitas nos arredores onde filmamos a série, fora de Toronto, a produção parece um filme de terror de Halloween dirigido por Dario Argento ou Brian De Palma. Pelo menos, esse era o nosso objetivo”.

Ao longo do evento, a atriz Jennifer Tilly – intérprete da icônica personagem Tiffany – também comentou sobre o remake lançado em 2019. De acordo com ela, ainda que o longa tenha conquistado um sucesso moderado, um dos aspectos mais amados pelos fãs foi deixado de fora: A caracterização do brinquedo assassino, feita pela voz emblemática de Brad Dourif.



“Bem, a nossa série já estava em desenvolvimento muito antes do remake. Então, isso prejudicou um pouco as coisas porque nós pensamos: Em que lugar pertencemos no universo Chucky agora?’. E aparentemente o filme é muito bom e muito bem avaliado. Mas os fãs, eu não sei. Lembra de quando a Nova Coca foi lançada, mas as pessoas preferiam mais a Coca Clássica? Então a empresa trouxe a velha Coca de volta e agora a chamam de Coca Clássica. Eu acho que essa situação é algo semelhante. Quer dizer, as pessoas adoram o Chucky original com a voz de Brad Dourif”.

Remake de Brinquedo Assassino, lançado em 2019

E durante o bate papo Dourif ainda revelou que o estúdio responsável pelo remake jamais entrou em contato com ele, o convidando para reprisar o papel.

“Eles nunca me procuraram para reprisar o papel, isso jamais aconteceu”.

Na ocasião, o intérprete do boneco Chucky ainda refletiu sobre a longevidade da franquia e como isso fez parte do crescimento da sua filha, Fiona Douriff, que hoje estrela a série.

Você nunca pensa assim, nunca acha que será um sucesso que atravessa as décadas. Você realmente faz um filme de cada vez. E às vezes parece que o show vai continuar para sempre, às vezes não. Eu sei que houve algumas ideias realmente boas que nunca foram adiante e que Don me contou. Então, não é como se a longevidade de um produto fosse uma coisa certa a todo momento. Mas Chucky é um ícone. Me lembro que quando eu levava minha filha para a escola, as crianças me pediam para fazer a voz do Chucky. Eles queriam que eu reproduzisse aquela risada e que eu o imitasse. Então o personagem e os filmes sempre fizeram parte da sua vida também, de certa forma”.

Vale lembrar que a série será lançada no Brasil no dia 27 de outubro, através do Star+.

Brad Dourif volta a dublar o boneco assassino.



A produção ainda conta com o retorno de Fiona Dourif (‘O Culto de Chucky’) e Jennifer Tilly, além de introduzir os novatos Devon Sawa (‘Premonição’), Zackary Arthur (‘Transparent’), Barbara Alyn Woods (‘One Tree Hill’), Lexa Doig (‘Jason X’), Teo Briones (‘Ratched’), Bjorgvin Arnarson (‘PEN15’) e Alyvia Alyn Lind.

Depois de um clássico boneco Chucky aparece em uma venda de usados num bairro suburbano, uma idílica cidade dos Estados Unidos é jogada no caos após uma série de assassinatos terríveis exporem as hipocrisias e os segredos de seus habitantes. Enquanto isso, a chegada de inimigos – e de aliados – do passado de Chucky ameaça expor a verdade por trás das mortes, bem como as origens do boneco demoníaco. 

Não deixe de assistir: