A 4ª temporada de ‘The Crown‘ já foi eleita a melhor de toda a série para muitos membros da imprensa especializada e a imagem do príncipe Charles nunca esteve tão exposta e comprometida publicamente, como no momento.

A nova temporada da série traz detalhes do seu doentio casamento com a adorada princesa Diana, e explora a sucessão de abusos emocionais e psicológicos sofridos por ela, tanto por parte do seus esposo, bem como por parte da sua amante, Camilla Parker-Bowles – que hoje é a sua esposa.

A série mostra explicitamente como era a frágil e sofrida união matrimonial entre o casal.

E obviamente, a realeza britânica não está gostando nadinha de ter toda essa exposição novamente.



A polêmica começou quando o secretário de Cultura do Reino Unido, Oliver Dowden, afirmou que a verdadeira história não seria essa mostrada na série, e pediu que a Netflix deixasse claro que tudo não passa de uma bela ficção:

“É uma obra de ficção lindamente produzida, então como acontece com outras produções de TV, a Netflix deveria deixar claro no começo que não passa disso. Sem esse aviso, eu temo que uma geração de espectadores que não viveu para testemunhar esse eventos venha a confundir fato com a ficção”. 

De acordo com a publicação, existe uma crescente preocupação em relação à imagem do Príncipe Charles, que passa a maior parte da temporada maltratando e traindo a esposa com a Camilla Parker-Bowles. Aparentemente, um amigo próximo de Charles teria dito:

“É quase sinistro que Peter Morgan esteja usando um leve entretenimento para propagar um agenda republicana e as pessoas não conseguem enxergar isso. Elas foram atraídas nas primeira temporadas, até que elas já não conseguem ver que estão sendo manipuladas. É uma propaganda altamente sofisticada”.



Embora a Secretaria de Cultura do Reino Unido tenha rejeitado os fatos, a Netflix continua fortalecendo a sua abordagem narrativa em relação ao casamento da Princesa Diana e do Príncipe Charles.

Após se negar a colocar um alerta de “obra de ficção” no início dos episódios e divulgar áudios originais da amada realeza – contando detalhes de quando ela confrontara a amante de Charles, a plataforma de streaming decidiu ir ainda mais além.

O streaming divulgou mais um novo vídeo com gravações originais da Diana, que corroboram com o argumento narrativo do criador Peter Morgan. No material em questão, a princesa detalha o doentio ciúmes que seu esposo tinha da ascensão de sua popularidade diante da imprensa e do público ao redor do mundo.

Aproveite para assistir:



O novo vídeo só fortalece o roteiro de Morgan, que tratou com voracidade o desconforto de Charles diante da constante aprovação pública da esposa, em detrimento do descaso e desgosto que ele recebia da opinião pública, de forma geral.

Assista ao vídeo:

Quem você acha que está certo nessa história?



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva