'Todo o Dinheiro do Mundo': Mark Wahlberg teria exigido US$ 1 milhão para aprovar as refilmagens

'Todo o Dinheiro do Mundo': Mark Wahlberg teria exigido US$ 1 milhão para aprovar as refilmagens

COMPARTILHE!

De acordo com novas informações divulgadas pelo USA TodayMark Wahlberg só acetaria as refilmagens para substituir Kevin Spacey por Christopher Plummerapós denuncias de assédio, caso fosse pago por isso.

Segundo fonte anônima, o ator teria exigido cerca de US$ 1 milhão e dito “Eu não vou aprovar Christopher Plummer a menos que vocês me paguem”, alegando que seu contrato prevê a aprovação dos demais atores do elenco.

Christopher Plummer foi vetado pelo advogado de Wahlberg até que a quantia exigida fosse devidamente paga.

Até o momento, nem o ator nem seu advogado falou sobre o caso. A denuncia surgiu após a polêmica de que a indicada ao Oscar, Michelle Williams, recebeu um cachê menor que Mark Wahlberg na execução das refilmagens do aclamado ‘Todo o Dinheiro do Mundo’.




Segundo o site USA Today, Wahlberg recebeu um salário equivalente a US$ 1,5 milhão para refilmar suas cenas como o negociador de J. Paul Getty (Christopher Plummer).

Já sua colega de elenco recebeu a baixíssima quantia de US$ 80 por dia de gravação, totalizando US$ 1.000 ao final deste trabalho.

Fazendo as contas, a drástica diferença entre o pagamento de ambos é surpreendente. Williams recebeu menos de 1% de todo o montante recebido por Wahlberg no processo de refilmagens.

A decisão de substituir Spacey se deu em virtude das inúmeras alegações de assédio sexual contra homens e menores de idade - configurando supostos casos de pedofilia.

O filme estreia no Brasil dia 1º de Fevereiro.




Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c