Enquanto você fica em casa em segurança, saindo apenas para o essencial – temos certeza disso -, fazemos por aqui nossa parte dando dicas do que assistir durante esta nova reclusão, devido ao intenso aumento de mortes pela pandemia do coronavírus. Seguindo com nossa série de indicações de filmes nas mais varias plataformas, resolvemos focar agora em algo para os nostálgicos. Selecionamos produções saídas diretamente da década de 1980 (a mais querida para muitos fãs de cinema) presentes na plataforma azul, a Amazon Prime Video. Verdadeiros Clássicos para você rever e alguns outros que talvez você não conheça – mas que igualmente valem muito a pena. Apertem os cintos pois será uma viagem repleta de ação, tiros, mas também muita aventura e emoção. Confira.

Um Tira da Pesada

Eddie Murphy voltou com tudo, atingindo novo ápice em sua carreira. Após o elogiadíssimo Meu Nome é Dolemite, parceria com a Netflix, o astro da comédia fechou acordo com a Amazon e lançou Um Príncipe em Nova York 2, um dos grandes filmes comentados deste início de 2021. E a plataforma investe nas produções antigas do comediante, as disponibilizando em seu streaming. Aqui temos o que é provavelmente o filme mais popular de sua carreira, e o que o transformou num astro de fama mundial. Aproveitando o recente hype de Murphy e já entrando na onda do vindouro quarto filme desta franquia (já anunciado), aqui temos o original onde tudo começou. Murphy vive o policial linha dura Axel Foley, da cidade barra-pesada de Detroit, que persegue um assassino até Beverly Hills, Los Angeles, terra dos ricos e famosos. O choque cultural é o que marcou esta comédia de ação.

Duna



Bem a tempo para a estreia da nova versão do filme, igualmente baseado no livro clássico da ficção científica, de Frank Herbert, dirigida pelo cultuado Denis Villeneuve (A Chegada e Blade Runner 2049). A história extremamente influente, inspirou diversas obras do gênero, incluindo a adorada saga de Star Wars, após seu lançamento em meados da década de 1960. O novo filme de Villeneuve sai este ano ainda, na segunda metade, assim nada melhor que se preparar e conferir a visão de David Lynch no primeiro filme para ir aquecendo e ficar a par de tudo. Com muitos personagens e uma trama complexa, Duna (1984) pode vir a ser uma experiência desafiadora. Basicamente temos um “Poderoso Chefão” espacial, onde diversas famílias jogam um verdadeiro “jogo de tronos” espacial em busca de uma iguaria rara vinda de um planeta desértico. Ambos os filmes possuem grandes elencos invejáveis.

Howard – O Super-Herói

Aproveite para assistir:

Clássico da Sessão da Tarde dos anos 80 e 90, este filme tem produção de ninguém menos do que George Lucas, o criador de Star Wars. E se você reconheceu o título, sabe que se trata de um produto vindo de uma empresa hoje sinônimo de sucesso em grande escala. Exatamente, Howard – o pato, é um dos personagens mais controversos do universo Marvel, por ser dono de uma personalidade incorreta e ser bastante desbocado. É claro que isso foi muito diluído a fim de se encaixar num filme mais amigável para a família. Mesmo assim ainda temos cenas de “patas” nuas e sexo entre uma humana (Lea Thompson) e o protagonista, um pato humanoide alienígena. O MCU tem inúmeros projetos engatilhados, o que inclui séries de TV a pleno vapor, mas nada de uma nova adaptação de Howard, que já deu as caras repaginado em uma participação especial nestes novos filmes da empresa. Para matar a saudade, nada melhor do que a nostalgia desta aventura.

O Caçador



Ícone máximo da ação no cinema, o lendário Steve McQueen completaria 91 anos de idade em 2021. O astro de filmes como Fugindo do Inferno (1963), Bullitt (1968), Papillon (1973) e Sete Homens e um Destino (1960), faleceu em 1980 aos 50 anos de idade, mas será para sempre eterno em nossos corações. Mesmo tendo falecido há 41 anos, o ator teve filmes lançados no mesmo ano de sua morte. O Caçador foi o último longa de sua carreira a estrear. Na trama, McQueen vive o caçador de recompensas Ralph ‘Papa’ Thorson, que termina virando alvo dos criminosos que ajudou a prender, precisando lutar pela vida. Tudo enquanto sua namorada está grávida, prestes a dar a luz para seu primeiro filho.

48 Horas

Como dito, a Amazon investiu na parceria com Eddie Murphy, trazendo bons filmes do acervo do ator em sua plataforma. Aqui, temos o primeiro trabalho de Murphy no cinema. Dirigido pelo mestre Walter Hill, ele vive Reggie Hammond, um malandro encarcerado, tirado da prisão pelo policial durão Jack Cates (Nick Nolte) para que o ajude num caso de um assassino em série. A química explosiva entre os dois serviu de alicerce para o subgênero dos buddy cop movies. Esse é outro filme da lista de Murphy que merecia uma nova investida atual, em uma segunda continuação.

Procurado Vivo ou Morto

Um dos filmes de ação mais eletrizantes da carreira do saudoso Rutger Hauer, esta produção está completando 35 anos de seu lançamento em 2021 – ou seja, esta é a ocasião mais que perfeita para ser celebrada e revisitada. Quem cresceu na década de 80/90 certamente lembra da capa desta fita nas locadoras, estampada pelo ator loiro, sua jaqueta de couro e a pose com uma escopeta nas costas. Na trama, Hauer vive o caçador de recompensas Nick Randall (sentiram que o tema deste tipo de profissional era muito usado para filmes de ação da época), um ex-agente da CIA, sendo contrato de forma particular pela própria agência para caçar o terrorista responsável pelo bombardeio de um cinema em Los Angeles. Ah sim, o tal terrorista é interpretado por ninguém menos que Gene Simmons, vocalista da banda Kiss.

A Princesa Prometida

Existem filmes que emplacam mais em certos países do que em outros. Nós brasileiros volta e meia elegemos obras de ação ou séries que fazem muito mais sucesso por aqui do que em seu país de origem, por exemplo. Por outro lado, nos EUA, certas produções viram clássicos instantâneos, sem ter o mesmo apelo para outras partes do mundo. Este é o caso exatamente com A Princesa Prometida, um dos filmes mais adorados dos anos 80 para os americanos, que nunca teve muita ressonância aqui no Brasil. Misto de aventura, fantasia e comédia, aqui temos um conto de fadas medieval, com direito a gigantes, princesas e cavaleiros de capa e espada. Mas o filme vai além, sendo autoconsciente, usando de muita metalinguagem e tirando muito sarro de tudo. Além disso, traz o primeiro trabalho marcante da carreira de Robin Wright, que aqui vive a princesa Buttercup.



E.T. – O Extraterrestre

O que dizer desta aventura mágica recomendada para toda a família, que encantou plateias pelo mundo inteiro e segue deixando sua marca para as novas gerações, que já não tenha sido muito dito? Acreditamos de verdade que E.T. é um destes filmes atemporais que jamais será esquecido, mesmo sem ter uma continuação (o que esperamos que continue assim) ou ter gerado uma franquia. A história de amizade entre um menino de pais separados e uma criatura de outro planeta espelha a experiência do diretor em crescer em meio a separação de seus pais. Mas o que talvez nem todos saibam é que a Universal planejava a continuação e um tratamento do roteiro, que seria dirigido por Spielberg, pode ser encontrado online. E.T. 2 – Nocturnal Fears (ou Medos Noturnos) seria um filme bem mais intenso, beirando o terror. Por enquanto, ficamos mesmo com o clássico original, disponível na Amazon.

Kickboxer – O Desafio do Dragão

Um verdadeiro clássico das exibições diurnas da TV aberta, Kickboxer foi um dos filmes de ação e pancadaria responsáveis por fazer o nome do astro belga Jean-Claude Van Damme. Um nome que tem tudo a ver com as décadas de 1980 e 1990. Na trama, Van Damme vê seu irmão ser derrotado e ir parar numa cadeira de rodas durante um torneio de luta. Assim, ele mesmo decide treinar a arte marcial Muay Thai e adentrar no torneio a fim de se vingar do cruel oponente que deixou seu irmão em tal condição. Uma curiosidade é que mais quatro continuações foram lançadas (a maioria em vídeo), sem Van Damme. O “ator” voltaria apenas em 2016 para uma espécie de remake/reboot, agora no papel do mentor. Este longa de 2016 ainda gerou uma continuação dois anos depois.

Um Tira da Pesada II


Sim, após o lançamento de Um Príncipe em Nova York 2, Eddie Murphy é novamente a bola da vez. E para a Amazon, isso sem dúvidas é verdade. Assim, o ator já apareceu na lista duas vezes, com dois clássicos da ação, e não poderíamos terminar a matéria de outro forma. Aqui, ficaria marcada a primeira sequência da carreira do astro, e uma de seu primeiro grande sucesso no cinema. Após Um Tira da Pesada II, Eddie Murphy tratou de tirar do forno continuações de diversos sucessos seus, como 48 Horas – Parte 2 (1990), O Professor Aloprado 2 (2000), Dr. Dolittle 2 (2001) e, é claro, o citado Um Príncipe em Nova York 2. Nesta continuação, Axel Foley retorna para Beverly Hills a fim de parar a infame gangue dos “crimes do alfabeto”, comanda pela loiríssima Brigitte Nielsen (Stallone Cobra), ex-mulher na vida real de Sylvester Stallone.

Comentários

Não deixe de assistir: