Após Scarlett Johansson processar a Disney, novos atores estão tomando coragem de enfrentar o grande estúdio.

Segundo o THR, Emma Stone e Emily Blunt também estão cogitando processar a Disney por quebra de contrato devido ao lançamento de seus filmes na Disney.

O site afirma que a Disney é “notoriamente difícil de lidar” e que Scarlett Johansson tem muito apoio de outros atores e pessoas do ramo, pois seus colegas criativos estão esperando que alguém se pronuncie sobre o assunto, que é não se espera que se acalme tão cedo.

Emma Stone, estrela de Cruella, está avaliando suas opções.”, afirmou o site.



Também foi revelado que Emily Blunt deve se manifestar após a estreia de ‘Jungle Cruise‘ neste fim de semana.

Johansson afirma que houve uma quebra de contrato, já que seu acordo com a Marvel garantia uma estreia EXCLUSIVA nos cinemas, o que daria à atriz uma porcentagem das bilheterias além de seu salário.

Aproveite para assistir:

E parece que Johansson não foi a única insatisfeita com o lançamento híbrido…

De acordo com o Comic Book, o jornalista Matthew Belloni, ex-editor do The Hollywood Reporter, disse que teve acesso às páginas do processo e citou uma parte afirmando que Kevin Feige também está “furioso” com o lançamento do filme na Disney+.



Em seu blog de notícias, Belloni escreveu:

Feige é um homem de negócios e não está sujeito a confrontos corporativos ou polêmicas. Mas me disseram que ele está com irritado e envergonhado com o lançamento de ‘Viúva Negrana Disney+. Ele pressionou a Disney contra a decisão e optou pela exclusividade da estreia no cinema. Quando a m*rd# foi solta no ventilador, o filme começou a afundar nas bilheterias, e a equipe de Johansson ameaçou a Disney com um processo… O que acabou acontecendo. Feige só quer que o estúdio acerte as coisas com ela.”

Em relação à Johansson, assim que ela soube que o filme seria lançado em streaming e nos cinemas simultaneamente, ela tentou renegociar com a Disney, mas não obteve sucesso.

“Não é nenhum segredo que a Disney está lançando filmes como Viúva Negra diretamente na Disney+ para aumentar os assinantes e, assim, impulsionar o preço das ações da empresa – e que está se escondendo atrás da Covid-19 como pretexto para isso”, afirmou o advogado representante da atriz, John Berlinski, à CNBC.

“Mas ignorar os contratos dos artistas responsáveis ​​pelo sucesso de seus filmes em prol dessa estratégia míope viola seus direitos e esperamos provar isso no tribunal. Certamente não será o último caso em que talentos de Hollywood enfrentam a Disney e deixam claro que, independentemente do que a empresa possa fingir, tem a obrigação legal de honrar seus contratos.”, concluiu. 

Novidades sobre o processo devem surgir nos próximos dias.

Enquanto isso, os assinantes do Disney+ vão poder assistir ‘Viúva Negra‘ sem valor adicional a partir do dia 25 de Agosto.



Confira os principais comentários abaixo:

Crítica | Viúva Negra é um eletrizante espetáculo de cenas de ação, com direito a assuntos bem complexos


Comentários

Não deixe de assistir: