De acordo com o Comic Book, a icônica casa dos filmes ‘A Hora do Pesadelo‘ está à venda por nada menos que US$ 3,2 milhões, o equivalente a R$ 18 milhões.

A casa de Nº 1428, da famosa Elm Street, onde vivia Nancy Thompson (Heather Langenkamp), é localizada na Avenina North Genesee, em Los Angeles e a atual proprietária é Lorene Scafaria, diretora do filme ‘As Golpistas‘.

Apesar da casa ser fortemente associada aos filmes de Freddy Krueger (Robert Englund), ela só foi vista em três deles: no original, lançado em 1984, e nas a sequência de 1985 e 1994.

Outros filmes da franquia recriaram a aparência da casa por meio de cenários similares, mas apenas os filmes mencionados acima foram gravados na propriedade.



Atualmente, a casa já passou por algumas reformas no interior, deixando seu ambiente quase irreconhecível em comparação aos filmes.

Construída em 1919, a casa possui 823 metros quadrados divididos entre três quartos, quatro banheiros, lavanderia, cozinha com copa conjugada, piscina no quintal, sala de estar, sótão, porão e uma área de lazer rústica.

Aproveite para assistir:

Para quem tiver interesse, a oferta estará disponível somente até o próximo dia 31, quando é celebrado o Halloween.

Para promover a venda, a imobiliária divulgou um divertido ensaio com um ator vestido de Freddy Krueger nos principais cômodos da casa.



Confira:



Lembrando que último filme da franquia foi lançado em 2010 e trouxe Jackie Earle Haley como intérprete do vilão.

No entanto, o longa foi um fracasso de crítica, rendendo míseros 15% de aprovação No Rotten Tomatoes.

Apesar disso, conseguiu faturar US$ 118 milhões nas bilheterias pelo mundo, a partir de um orçamento de US$ 35 milhões.


O filme original foi escrito e dirigido por Wes Craven, falecido em 2015, e trouxe a participação de Johnny Depp, Ronee Blakley, Heather Langenkamp, Amanda Wyss, e Nick Corri.

Desde então, o filme construiu um enorme legado para o subgênero slasher, dando origem a seis sequências e um remake.

Ao total, a franquia arrecadou mais de US$ 583 milhões pelo mundo.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: