Após a estreia de ‘Amor sem Medida, a comédia romântica de Leandro Hassum para a Netflix foi alvo de críticas da atriz Juliana Caldas (‘Outro Lado do Paraíso’), portadora de nanismo.

Isso porque a trama gira em torno de uma mulher (Juliana Paes) que começa a se sentir atraída por um homem (Hassum) de apenas 1,36m de altura, o que leva a uma descontraída história de amor.

Por outro lado, Caldas afirma que a produção acaba zombando de quem sofre de nanismo.

Para ela, o roteiro contém piadas “capacitistas e preconceituosas”, o que pode acabar difundindo uma normalização do bullying contra os portadores da condição.



Em entrevista ao jornal O Globo, Hassum fez questão de comentar a polêmica e ressaltou que a intenção do longa é justamente passar por cima dos preconceitos:

“Sinto muito de verdade, pois jamais quero causar dor através dos meus filmes e da minha arte. Ao contrário, meu propósito sempre será divertir, entreter, pois acredito no humor agregador para família toda. O filme conta uma história de amor, de pertencimento e de inclusão, valorizando as capacidades de seus personagens e repudiando qualquer preconceito, de qualquer espécie.”

Aproveite para assistir:

Ele continuou:

“Vivemos num mundo ainda distante do ideal, mas que vem caminhando no sentido de não dar espaço a nenhum tipo de preconceito, segregação ou exclusão. Foi esta a intenção, por meio da leveza do humor, abordar a importância de vivermos num mundo com mais amor e respeito, onde ser aceito e amado independe de características físicas. Fico aqui com o coração doído por, de algum modo, não ter transmitido isso a Juliana Caldas e mais que aberto a acolhe-la com meu total carinho e respeito.”



Até o momento, a Netflix ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Entenda a polêmica:

Tudo começou quando Juliana Caldas compartilhou as críticas através de um vídeo no Instagram, primeiro questionando por que não contrataram um ator com nanismo para fazer o papel de Hassum.

“A pessoa que faz o personagem que tem nanismo, não tem nanismo, que é o próprio Leandro Hassum. Eles fizeram computação gráfica, diminuíram [o Hassum] por computação gráfica, essas coisas, para mostrar que ele tem baixa estatura. E depois disso, a maior parte do filme tem piadas totalmente capacitistas, totalmente preconceituosas e que, cara, não dá para aceitar hoje em dia”, disse ela.

Conhecida por seu papel como Estela em ‘Outro Lado do Paraíso‘, ela ainda diz que o nanismo não recebe a devida atenção e na maioria das vezes é retratado como piada.

“Quando a gente fala sobre o nanismo, a maior parte das vezes é nessa forma de piada e totalmente capacitista e preconceituosa. O nanismo é considerado uma deficiência. Aí você rir disso hoje em dia não dá mais para aceitar”.

Confira:



E aí, você já assistiu ao filme? Qual é a sua opinião?

Na trama, desde que a advogada Ivana Cornejo (Juliana Paes) se divorciou, sua vida amorosa ficou estagnada. Um dia, quando perde seu celular, a sorte aparece: um homem simpático e divertido liga dizendo ter encontrado o aparelho. Eles decidem tomar um café e, quando Ivana finalmente conhece Ricardo Leão (Leandro Hassum), ela fica surpresa com sua estatura.

O elenco conta também com Elizângela, Marcelo Mansfield, Marcelo Laham e Luana Martau, com participações especiais de Rafael Portugal, Carol Portes e Rogério Morgado, e estreando Pietra Hassum.

Assista ao trailer:


Amor sem medida‘ é um remake do filme argentino ‘Corazón de León‘. A versão brasileira é dirigida por Ale McHaddo, com roteiro de Michelle Ferreira.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: