Segundo fontes internas à Warner Bros., o Snyder Cut de Liga da Justiça, que vem fazendo bastante barulho nas redes sociais há dois anos, não irá acontecer. Mais do que isso, o estúdio permanece ressentido com o diretor Zack Snyder e afirma que nunca mais vai trabalhar com ele (via Cosmic Book News).

As informações indicam que a produtora não têm planos para lançar a versão do diretor do longa-metragem, nem mesmo na plataforma da HBO Max. Snyder teria requisitado US$20 milhões para terminar a produção – pedido este que foi negado.

A Warner também não estaria feliz com o modo como Snyder vem promovendo o lançamento do Snyder Cut nas redes sociais e em sites de cinema, deixando claro que não gosta de ser intimada para gastar mais dinheiro ou lançar o filme.



Segundo funcionários próximos ao projeto, o corte do diretor tem mais de 3h30 de duração, e um funcionário da equipe de efeitos visuais revelou que apenas 10% das filmagens do cineasta entraram na versão final.

Além disso, Jason Momoa, o Aquaman, disse à MTV News que teve a oportunidade de assistir a versão antes do lançamento digital.

“Eu já assisti a versão de Snyder. Acho que só estão decidindo onde lançar, talvez em streaming. Os fãs precisam assistir, porque eu amei. Obviamente, sou grato à Warner e à DC e não sei como eles se sentem sobre essa polêmica, mas como fã, estou muito, muito feliz por ter assistido.”

Ainda não há como comprovar a veracidade da informação, mas esta seria uma excelente estratégia para atrair assinantes para a HBO Max, então faz todo sentido que a companhia queira investir na ideia.



Em entrevista EXCLUSIVA ao CinePOP, a atriz Gal Gadot falou pela primeira vez sobre o “Snyder Cut”:

Aproveite para assistir:



Você quer assistir ao Snyder Cut?

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva