Além de ser conhecida por seus trabalhos em ‘Memórias de uma Gueixa’ e ‘O Tigre eo Dragão’, Michelle Yeoh também faz parte do elenco de ‘Shang-Chi e a lenda dos Dez Anéis’.

No entanto, nem sempre as mulheres tinham destaque em filmes de ação e luta, e Yeoh foi um fator determinante para a mudança neste cenário.

Durante uma entrevista para o The Guardian, a estrela relembrou a época em que contracenou com Jackie Chan em ‘Police Story 3 – Supercop‘, lançado em 1992.

E, por mais difícil que seja de acreditar, Chan era bastante machista e acreditava que “o lugar das mulheres é na cozinha, não em filmes de ação.”



“Ele costumava dizer isso e se gabar de que as mulheres não tinham as mesmas habilidades que os homens, até que dei uma boa surra nele e mostrei onde era o meu verdadeiro lugar”, disse Yeoh.

Na época, ela tinha 30 anos e era bastante atlética, o que gerava ciúmes em Chan.

Aproveite para assistir:

“Ele me pedia par não fazer acrobacias tão arriscadas porque quando eu fazia, ele tinha que fazer igual ou ainda melhor”, relembrou.



Em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis’, Yeoh dá vida à Ying, descrita pela personagem Awkwafina como “uma incrível deusa mística do Kung Fu”, que vive do outro lado de uma floresta de bambu encantada.

E aí, você já assistiu?

Confira a nossa crítica:

Crítica | Shang-Chi – Marvel acerta novamente com filme envolvente, emocionante e com cenas de ação IMPRESSIONANTES

Dirigido por Destin Daniel Cretton, o filme também conta com Awkwafina, Tony Chiu-Wai Leung, Michelle Yeoh, Florian Munteanu, Fala Chen e Ronny Chieng.

Shang-Chi é o filho de um globalista com base na China que criou e educou o descendente dele em um recluso complexo chinês, treinando artes marciais e adquirindo habilidades insuperáveis. Quando ele tem a chance de entrar em contato com o resto do mundo, logo percebe que seu pai não é o humanitário que dizia ser, vendo-se obrigado a se rebelar.



O filme estreia em 2 de setembro nos cinemas.

Comentários

Não deixe de assistir: