Segundo o China Box Office, a Disney confirmou que lançará ‘Mulan‘ nos cinemas chineses.

O estúdio está discutindo lançar a produção nos cinemas chineses antes mesmo de ‘Tenet‘, que estreia no próximo mês por lá. Sendo assim, a estreia do filme deve acontecer no fim de Agosto.

Vale lembrar que a China já reabriu seus cinemas há cerca de 15 dias, em regiões com baixo risco de contágio por coronavírus. Mais de 50% dos estabelecimentos estão em funcionamento com 30% da capacidade para atender as exigências sanitárias.


No Brasil, a Disney ainda não se decidiu quanto ao destino do live-action. Se os cinemas nacionais abrirem antes do lançamento do Disney+, que tem estreia prevista por aqui apenas em Novembro, o estúdio provavelmente decidirá lançar a produção nas telonas.

Confira o novo cartaz chinês:

Aproveite para assistir:

O anúncio de que Mulan será lançado na plataforma de streaming Disney+ pelo valor de US$30 surpreendeu a todos e a decisão continua gerando controvérsia com boa parte dos usuários, que aprovaram a estratégia, mas não o altíssimo preço.

Os portais Variety e ComicBook.com fizeram uma enquete por meio do Twitter, a fim de ponderar qual o nível de interesse dos usuários do streaming em pagar o valor para adquirir o filme, mesmo já sendo um assinante da plataforma.

E em ambas as pesquisas o nível de rejeição foi altíssimo. Ao serem questionados pelo ComickBook se alugariam Mulan por US$30, 84,6% dos internautas votaram em “não”, com apenas 15,4 votando “sim”.


A pesquisa da Variety obteve resultados bem semelhantes, com 85,3% dos votantes se posicionando contra e 14,7% a favor.

Confira:

Na ocasião da pesquisa, alguns internautas foram ainda mais além e afirmaram que se o filme disponível para aluguel fosse de fato ‘Viúva-Negra‘, eles estariam dispostos a pagar o valor US$30.


De acordo com o portal Variety, apesar de muitos analistas acharem que o cancelamento da estreia nos cinemas teria impacto negativo para a empresa, o anúncio fez o oposto.

No início da manhã de quarta-feira (05), as ações da Disney saltaram mais de 10%, indicando que os investidores estão confiantes nessa nova estratégia.

O analista do Morgan Stanley, Ben Swinburne, disse:

“Tanto pelo sucesso do (Disney Plus) quanto pela necessidade (interrupção do COVID-19), a Disney está se movendo para levar sua estratégia de streaming a novos níveis de investimento e crescimento… A execução tanto em conteúdo quanto em tecnologia será necessária.”


Mulan, que custou mais de US$ 200 milhões, será lançado diretamente no Disney+ no dia 04 de setembro. Como o lançamento é premium, os assinantes terão que pagar mais US$ 29.99 para assistir ao filme.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE