Através do Twitter, a Netflix repostou uma série de imagens de bastidores de O Legado de Júpiter, que chegou ao catálogo há alguns dias.

As fotos detalham os incríveis figurinos da produção.

Confira:



A 1ª temporada amargou 39% de aprovação no Rotten Tomatoes, com 31 críticas contabilizadas. O consenso geral aponta que, “apesar de algumas lutas verdadeiramente épicas, ‘O Legado de Júpiter é simplesmente excessivo e lento para acertar o ritmo”.

Confira os principais comentários abaixo:

Aproveite para assistir:

O Legado de Júpiter é diferente o bastante das produções mainstream de super-heróis da Disney e da Warner Bros. – mas o motivo é uma escolha tonal que é arrastada para três direções distintas” – ComicBook.com.

“Procurando por dinâmicas familiares disfuncionais? ‘The Umbrella Academy’ é mais divertido. Gosta de flashbacks que exploram traumas geracionais? ‘Watchmen’ é muito mais inteligente” – Digital Spy.



“No mínimo, O Legado de Júpiter tem atuações admiráveis e figurinos excepcionais. A primeira temporada tem duas histórias e apenas finaliza uma delas. Ao menos uma delas vale muito a pena assistir” – WhatToWatch.

“Com uma narrativa clichê que já vimos inúmeras vezes, [a série] parece ter sido lançada alguns anos tarde demais” – We Have a Hulk.

“O primeiro volume de O Legado de Júpiter parece um prólogo de uma série muito melhor” – ComicBookMovie.com.

A série é dirigida por Steven S. DeKnight (‘Demolidor’) e Brian e Mark Gunn.

“Depois de quase um século mantendo a humanidade segura, a primeira geração de super-heróis do mundo deve confiar nos seus filhos para continuar o legado. Mas as tensões aumentam à medida que os jovens super-heróis, famintos por provar seu valor, lutam para viver de acordo com a lendária reputação pública de seus pais – e exigentes padrões pessoais.”

A trama será estrelada por Josh Duhamel (Sheldon Sampson), Ben Daniels (Walter Sampson); Leslie Bibb (Grace Sampson), Elena Kampouris (Chloe Sampson), Andrew Horton (Brandon Sampson), Mike Wade (Fitz Small) e Matt Lanter (George Hutchence).



Comentários

Não deixe de assistir: