domingo, julho 21, 2024

Por que a Disney pode perder os direitos sobre a imagem do Mickey Mouse em breve? Entenda!

A famosa animação ‘Steamboat Willie‘, que traz a primeira aparição do Mickey Mouse, vai completar 95 anos em 2024, o que pode representar o fim do domínio da Disney sobre o clássico desenho.

Isso porque o desenho se tornará domínio público daqui a dois anos, de acordo com a lei de direitos autorais dos Estados Unidos (via The Guardian).

Sendo assim, a Disney não terá mais controle criativo sobre a imagem do Mickey, que tornou-se um símbolo para o estúdio, e qualquer artista poderá usá-lo.

Por outro lado, o personagem só poderá ser usado sem a adição de elementos que vinculem sua imagem à Disney, incluindo seu atual visual, que vem sendo reformulado pelo estúdio desde a década de 1920.

Caso um artista use o design atualizado do Mickey, pode ser multado por conta de violação de marca registrada, já que apenas o design de ‘Steamboat Willie‘ entrará em domínio público.

Qualquer outra variação do Mickey ainda permanece sob os diretos da Disney até que também completem 95 anos.

Apesar disso, vale lembrar que a Disney já usou sua influência para alterar a lei mencionada…

Até a década de 1970, qualquer propriedade entrava em domínio público após 55 anos. No entanto, a Disney se juntou a outras empresas em 1976 e conseguiram aprovar uma nova lei, adicionando mais 20 anos aos direitos de imagem de um projeto.

Em 1998 aconteceu o mesmo e mais 20 anos forram adicionados, fazendo com que qualquer propriedade entrasse em domínio público somente após 95 anos após sua criação.

Vale lembrar que a imagem de outro personagem usado pela Disney também entrou em domínio público…

Não deixe de assistir:

No início deste ano, o ‘Ursinho Pooh’, criado por A.A. Milne em 1926, deixou de ser propriedade privada e os personagens até vão ganhar um filme de terror bizarro, intitulado ‘Winnie the Pooh: Blood and Honey‘.

Diferente da divertida animação infantil da Disney, o longa escrito e dirigido pelo estreante Rhys Frake-Waterfield promete cenas sangrentas, violentas e traumáticas.

Ainda sem previsão de estreia, o IMDb descreve o longa como uma releitura dos personagens criados por Milne.

Estrelada por Amber Doig-Thorne, Maria Taylor e Danielle Scott, a trama mostra Pooh e Leitão como vilões famintos depois que Christopher Robin vai para a faculdade e não tem mais tempo de cuidar deles.

Quando a vida dos personagens se torna difícil, eles precisam se virar sozinhos e acabam se voltando às suas raízes animalescas. Eles não são mais bonzinhos, são um urso implacável e um porco que querem sair por aí em busca de presas.

O projeto independente ganhou forma depois que os direitos dos personagens entraram em domínio público no início deste ano.

Apesar disso, Waterfield fez questão de tomar cuidado para não abusar das referências ao material original ou às animações da Disney, evitando elementos marcantes, como a camiseta vermelha de Pooh, que agora veste uma camisa quadriculada.

Confira as imagens:

 

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS