Estreou no último domingo a mais nova minissérie da HBO, cujo título não recebeu tradução em português e chegou aos assinantes do canal com o nome ‘The Undoing’. Mas, no primeiro episódio, de quase uma hora de duração, já deu pra sentir que a proposta é mais do mesmo que vem sendo feito em Hollywood.

Grace (Nicole Kidman) e Jonathan Fraser (Hugh Grant) são o casal perfeito. Ricos, bem-sucedidos em seus empregos e amorosos com o filho, Henry (Noah Jupe). Ela é uma psicóloga inteligentíssima e meiga; ele, um oncologista que, apesar de tudo, consegue manter o bom humor. Grace é dessas mães engajadas com a escola do filho, e, durante uma reunião para a organização de um evento social da escola, ela conhece uma nova mãe, Elena Alves (Matilda De Angelis), que, ao contrário das outras famílias da classe rica de Nova York, é latino-americana e pobre. Embora o filho de Elena tenha uma bolsa para estudar na escola, as outras mães a tratam com desconfiança – menos Grace, o que acaba criando um laço de confiança e atração entre as duas. Então, no dia seguinte ao do evento de caridade da escola, Elena é encontrada morta e Jonathan Fraser desaparece da cidade. O que será que aconteceu com os dois?

Criado por David E. Kelley, ‘The Undoing’ não só não traz nada de novo em seu enredo, como ainda traz atores que já interpretaram esses mesmos papéis algumas vezes em suas carreiras, o que reforça a sensação de “já vi essa história antes”. Quer dizer, quantas vezes Nicole Kidman interpretou a esposa perfeita, bonequinha de porcelana, que circula na alta sociedade de um bairro chique dos Estados Unidos? E quantas vezes Hugh Grant fez o homem perfeito – bonitão, rico, poderoso e por quem todas as mulheres são apaixonadas?



A minissérie encontra espaço ainda para repetir diversos elementos de outra produção de sucesso da HBO, ‘Big Little Lies’: a escola onde as crianças fazem/sofrem bullying; a mãe pobre que aparece do nada no corpo social dessa renomada instituição, à qual não pertence e todos fazem questão de deixar isso claro; a líder das mães, super solícita e preconceituosa; um crime chocante; aliás, um crime que envolve os pais dos alunos; um mistério a ser desvendado; e a personagem de Nicole Kidman no centro de tudo.

Aproveite para assistir:

Não passa despercebido, também, a falta de química entre o casal principal. Talvez por já terem feito antes tantos papéis grandes, talvez apenas por falta de convencimento mesmo, mas Nicole e Hugh juntos como um casal não convence. Parece tudo meio forçado demais, como se fosse de fachada. E ainda tem o figurino escolhido para a personagem Grace, que, por nenhuma razão plausível e apesar de frequentar a nata da sociedade novaiorquina, se veste em seu dia a dia com camisolões medievais. Não faz sentido.

Apesar de tantos pontos negativos, ‘The Undoing’ é bem produzido e tem potencial para melhorar. Tomara!



Comentários

Não deixe de assistir: