Apesar de Coringa ser ambientado décadas antes da cronologia do universo Batman, o filme de Todd Phillips não se restringiu apenas a colocar o personagem-titular em uma narrativa isolada, mas aproveitou o panteão já bem estruturado das HQs para incrementar um pouco a complexa e caótica jornada deste anti-herói.

O site Screen Rant divulgou uma recente matéria discriminando todos os personagens de Batman que deram as caras no longa-metragem. Confira abaixo a lista:

CORINGA

Um início óbvio, é claro.

O Coringa foi criado por Bill FingerBob Kane e Jerry Robinson, aparecendo pela primeira vez em Batman #1, lançado em 1940. Nos planos originais, o vilão seria porto depois de sua breve aparição (acidentalmente esfaqueando a si mesmo), mas um dos editores encarou o personagem como bom demais para morrer e sugeriu que fosse poupado. Desde então, ele se tornou o arqui-inimigo do Cavaleiro das Trevas e um dos antagonistas mais icônicos da cultura pop.

No cinema, ele já foi interpretado por nomes como Jack NicholsonHeath Ledger (este levando o Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante pelo papel) e, mais recentemente, por Joaquin Phoenix (que se tornou o favorito para levar a estatueta de Melhor Ator na próxima edição da premiação).

THOMAS WAYNE

A aparição de Thomas Wayne também parece cair na obviedade, visto que é mencionado no filme desde as primeiras cenas – e acaba tendo uma presença muito maior do que imaginávamos.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

Introduzido na Detective Comics #33, em 1939, o personagem é pai de Bruce Wayne. Thomas é um médico e filantropista da cidade de Gotham e foi assassinada junto com a sua mulher, Martha, no que mais tarde ficaria conhecido como Beco do Crime. O evento culminou na transformação de Bruce em Batman anos depois.

Em Coringa, o personagem ganhou uma camada antagonista e foi encarnado por Brett Cullen. Na trama, ele concorria para prefeito da cidade e foi um dos gatilhos que deu origem à onda de crimes e revoltas e elevou o personagem-titular ao patamar de “herói”. Arthur Fleck (Phoenix) acreditava piamente que Thomas fosse seu pai, mas ele o tratou como lixo, dizendo que a mãe era lunática e que inventara toda aquela história. Nos momentos finais do filme, ele é assassinado e a tragédia serve como base para a origem de Batman.

BRUCE WAYNE & ALFRED PENNYWORTH

Apesar do filme não focar na conturbada relação entre o Coringa e o Batman, Bruce Wayne também apareceu em sua versão mais nova (interpretado pelo novato Dante Pereira-Olson).

Bruce dá as caras pouco depois de Arthur Fleck descobrir que, na verdade, é filho do magnata Thomas. Após tal revelação, ele vai até a mansão Wayne para falar com o suposto pai, mas acaba cruzando caminho com Bruce, mostrando-lhe alguns truques de mágica antes de ser abordado pelo mordomo da família.

E é claro que, quando mencionamos o mordomo, estamos nos referindo a Alfred Pennyworth. Encarnado por Douglas Hodge no longa-metragem, o personagem apareceu pela primeira vez em Batman #16, lançada em 1943, com sua backstory mudando algumas vezes. Aqui, sua personalidade protetora e sua condição como guardião legal de Bruce permaneceu igual a dos quadrinhos.

MARTHA WAYNE

Martha Wayne apareceu por breves segundos em Coringa, mais precisamente na sequência final em que é assassinada ao lado do marido, Thomas, no Beco do Crime. Ela foi interpretada por Carrie Louise Putrello.

A personagem foi introduzida em Detective Comics #33 e teve sua história expandida nas HQs seguintes. Entretanto, na narrativa que engloba o Flashpoint, ela se tornou a versão do Coringa depois de enlouquecer com a morte do jovem Bruce. Thomas, por sua vez, se tornou o Batman.

CAÇA-RATOS

O vilão conhecido por Caça-Ratos, na verdade, não apareceu no filme: ele foi sutilmente apresentado quando um dos âncoras do noticiário declara que, devido à quantidade de lixo que se acumula na cidade de Gotham, os ratos começaram a evoluir e se tornaram difíceis de matar – até mesmo chamando-os de “super-ratos”. A sutileza, entretanto, permite a conexão dessa fala com o antagonista mencionado acima.

Seu début ocorreu em 1988, com o lançamento da Detective Comics #585. O nome verdadeiro de Caça-Ratos é Otis Flannegan, um literal caçador de roedores de Gotham que tem a habilidade de treinar e se comunicar com ratos.

Confira nossa crítica do filme:

A trama de Coringa explora a cultura noturna da cidade de Nova York, dando destaque inclusive a clubes de strip-tease.

Coringa‘, do diretor Todd Phillips, centra-se no icônico arqui-inimigo e é uma história fictícia original e inédita, nunca vista na tela grande. A história de Arthur Fleck, interpretado majestosamente por Joaquin Phoenix, é de um homem que luta para encontrar seu caminho na sociedade fragmentada de Gotham. Ele é um palhaço de festas durante o dia, ele aspira a ser um comediante stand-up a noite… mas ele acha que a piada sempre parece estar sobre ele. Preso em uma existência cíclica entre a apatia e a crueldade, Arthur toma uma decisão ruim que provoca uma reação em cadeia de eventos crescentes neste estudo de caráter arenoso.

‘Coringa’: Joaquin Phoenix diz que não se importa com opinião dos fãs sobre sua interpretação

Filme de origem do Coringa será ‘assustador’, afirma Joaquin Phoenix

Além de Phoenix, Robert DeNiroZazie BeetzMarc MaronFrances ConroyShea WhighamBill Camp e outros completam o elenco.

Coringa está em exibição nos cinemas nacionais.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE