Netflix anunciou recentemente que está pronta para dar sinal verde à sua próxima aguardada adaptação fílmica.

Segundo a plataforma de streaming, a diretora árabe Haifaa Al-Mansour ficará responsável pela adaptação da icônica saga jovem-adulta A Seleção. Detalhes sobre o projeto ainda não foram divulgados.

Escrita por Kiera Cass, a série de romances já vendeu mais de 11 milhões de cópias ao redor do mundo e é ambientada num futuro distópico em que um grupo de garotas competem pelo coração do Príncipe Maxon.

Confira a sinopse do primeiro livro abaixo:

Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de suas vidas. A oportunidade de escapar da vida estabelecida para elas desde o nascimento. Entrar em um mundo de vestido brilhantes e joias de valor inestimável. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon. Mas para America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Isso significa virar as costas para seu amor secreto com Aspen, que é de uma casta menor que a dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição acirrada por uma coroa que ela não quer. Viver em um palácio constantemente ameaçado por rebeldes violentos. Então, America conhece Maxon. Gradualmente, ela começa a questionar todos os planos que fez para si mesma- e percebe que a vida que ela sempre sonhou não é nada comparada com o futuro que ela nunca imaginou.
Mansour é conhecida por seu trabalho em O Sonho de Wadjda, que lhe rendeu nomeações ao Spirit Awards e ao BAFTA. Ela já colaborou com a Netflix duas vezes: a primeira foi no longa tour-de-force Felicidade por um Fio em 2018; no ano passado, foi chamada para dirigir um episódio da série The Society.
Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE