Rua do Medo: 1666‘, a terceira parte da trilogia que adapta os escritos homônimos do lendário romancista R.L. Stine, já está disponível na Netflix e o editor-chefe Renato Marafon traz a crítica em vídeo.

O terceiro filme da saga consegue assustar e fechar todas as pontas soltas!

Assista a crítica:



Crítica | ‘Rua do Medo – Parte 3: 1666’ conclui de forma satisfatória a trilogia slasher da Netflix

Na trama, as origens da maldição de Sarah Fier (Elizabeth Scopel) são finalmente reveladas conforme a história se completa, em uma noite que vai mudar a vida dos Shadysiders para todo o sempre.

Aproveite para assistir:

Nas redes sociais, os assinantes da plataforma estão rendendo elogios ao desfecho por conta das reviravoltas, da narrativa reflexiva e por concluir a história de uma forma bastante satisfatória.

Alguns ainda disseram que o filme conseguiu superar suas expectativas e foi declarado como o melhor da trilogia, além de deixar um gostinho de ‘quero mais’.



Confira as reações:




Assista ao trailer:

O elenco é formado por Gillian Jacobs, Sadie SinkAshley ZuckermanFred HechingerJeremy Ford, Julia RehwaldKiana Madeira, Olivia WelchRyan Simpkins

‘Rua do Medo’ é uma série de livros de terror adolescente que estreou em 1989. Os romances são menos conhecidos que o compilado predecessor, Goosebumps. Atualmente, a franquia possui 52 livros ambientados em Shadyside, Ohio.

Kate Trefry (Stranger Things) também está atada às produções.

 

Comentários

Não deixe de assistir: